Prova CFC 2ª Edição 2018 com Gabarito

Prova CFC 2ª Edição 2018 com Gabarito
(CFC - Conselho Federal de Contabilidade)
Exame de Suficiência - TIPO 1 BRANCA

VEJA TAMBÉM:
Prova CFC 1ª Edição 2018 com Gabarito
Prova CFC 1ª Edição 2019 com Gabarito

QUESTÃO 01*

QUESTÃO 02
(CFC 2018) Uma Sociedade Empresária produz certo tipo de produto agrícola que é negociado em dois diferentes mercados ativos (Mercado A e Mercado B) a preços diferentes. A Sociedade Empresária pode acessar os preços do produto agrícola nesses dois mercados na data de sua mensuração. Outras informações também são conhecidas por essa Sociedade Empresária:


  • Mercado A

R$ 59,00/saca → preço que seria recebido pela venda do produto agrícola.
R$ 4,00/saca → custos de transação no Mercado A.
R$ 4,00/saca → custos para transportar o produto agrícola a esse mercado.


  • Mercado B

R$ 60,00/saca → preço que seria recebido pela venda do produto agrícola.
R$ 6,00/saca → custos de transação no Mercado B.
R$ 4,00/saca → custos para transportar o produto agrícola a esse mercado.


  • Tanto o Mercado A quanto o Mercado B não são considerados o mercado principal para esse produto agrícola.


Considerando-se apenas as informações apresentadas e a NBC TG 46 (R2) – Mensuração do valor justo e NBC TG 29 (R2) – Ativo biológico e produto agrícola, assinale a alternativa que apresenta o valor correto da mensuração do valor justo do produto agrícola negociado pela Sociedade Empresária.

A) R$ 50,00/saca.
B) R$ 51,00/saca.
C) R$ 55,00/saca.
D) R$ 56,00/saca.

GABARITO.

QUESTÃO 03
(CFC 2018) A Sociedade Empresária Alfa e a Sociedade Empresária Beta apresentaram os seguintes Balanços Patrimoniais não consolidados e encerrados em 31/12/2017. A Sociedade Empresária Alfa é controladora da Sociedade Empresária Beta e avalia o investimento pelo método da equivalência patrimonial.


Outras informações:
* Durante o ano de 2017 Beta vendeu, a prazo, mercadorias de seu estoque para Alfa por R$ 300.000,00, com margem de lucro de 50%. Metade dessas mercadorias ainda se encontra nos estoques de Alfa.
* No Balanço Patrimonial não consolidado de Alfa, a conta Investimentos em Beta não contém qualquer tipo de ágio.

Considerando-se apenas as informações apresentadas e a NBC TG 36 (R3) – Demonstrações consolidadas e ITG 09 (R1) – Demonstrações contábeis individuais, demonstrações separadas, demonstrações consolidadas e aplicação do método da equivalência patrimonial, assinale o saldo em Ativo Circulante que deveria ser divulgado pela Sociedade Empresária Alfa em seu Balanço Patrimonial Consolidado em 31/12/2017.

A) R$ 970.000.
B) R$ 1.195.000.
C) R$ 1.270.000.
D) R$ 1.570.000.

GABARITO.

QUESTÃO 04
(CFC 2018) A partir do que dispõe a NBC TG 27 (R4), que estabelece o tratamento contábil para ativos imobilizados, analise as afirmativas a seguir, marque C para correto ou I para incorreto, se a Sociedade Empresária Gama agiu em concordância a essa norma.

( ) Ao adquirir o ativo imobilizado “A” a Sociedade Empresária Gama pagou R$ 10.000,00 para colocá-lo no local e em condições necessárias para que fosse capaz de funcionar da forma pretendida pela administração. A Sociedade Empresária Gama reconheceu esse valor como parte integrante do custo inicial do ativo imobilizado “A”.

( ) A Sociedade Empresária Gama pagou R$ 25.000,00 em propaganda e atividades promocionais para introduzir novos produtos provenientes do ativo imobilizado “B”. A Sociedade Empresária Gama reconheceu esse valor como parte integrante do valor contábil do ativo imobilizado “B”.

( ) A Sociedade Empresária Gama apresentou prejuízos operacionais iniciais de R$ 10.000,00, incorridos enquanto se estabelecia a demanda pelos produtos que seriam produzidos pelo ativo imobilizado “C”. A Sociedade Empresária Gama reconheceu esse valor como parte integrante do valor contábil do ativo imobilizado “C”.

A sequência está correta em

A) C, I, I.
B) C, C, I.
C) C, I, C.
D) C, C, C.

GABARITO.

QUESTÃO 05
(CFC 2018) Uma entidade do setor de educação está passando por um momento de reestruturação em suas atividades operacionais. A entidade está comprometida com o plano de vender suas atuais instalações (prédio sede, móveis e equipamentos) para subsidiar financeiramente a aquisição de novas instalações em outro bairro da cidade.

A entidade já iniciou ações para localizar comprador, mas continua utilizando as atuais instalações até que as novas sejam adquiridas. Em sua última reunião, a diretoria da entidade resolveu não transferir as atuais instalações a um eventual comprador até que a compra das novas instalações seja efetuada.

Apesar de ignorar termos habituais e costumeiros para a venda de ativos desse tipo, a entidade está disposta a manter um compromisso firme de compra – com algum eventual comprador, comprometendo-se a transferir as atuais instalações assim que as novas estiverem prontas para uso pela entidade.

Considerando-se apenas as informações apresentadas e a NBC TG 31 (R4) – Ativo não circulante mantido para venda e operação descontinuada, assinale a alternativa correta.

A) As atuais instalações estão disponíveis para venda imediata.

B) As atuais instalações não podem ser classificadas como Ativo Não Circulante Mantido para Venda.

C) A entidade já iniciou ações para localizar comprador; portanto, poderá classificar as atuais instalações como Ativo Não Circulante Mantido para Venda.

D) As atuais instalações podem ser classificadas como Ativo Não Circulante Mantido para Venda, pois há um compromisso firme de compra para a transferência futura dessas instalações.

GABARITO.

QUESTÃO 06
(CFC 2018) A Sociedade Empresária Delta trabalha no segmento de material de transporte rodoviário e é líder no segmento de venda de peças para veículos de grande porte (caminhões, ônibus, carretas etc.).

A partir de consultas aos relatórios internos dessa sociedade, as seguintes informações foram coletadas sobre o seu patrimônio; analise-as.

I. A Sociedade Empresária Delta é proprietária de um terreno mantido para valorização de capital a longo prazo e não pretende vendê-lo a curto prazo no curso ordinário dos negócios.

II. A Sociedade Empresária Delta é proprietária de um imóvel mantido para uso na produção de peças para ambos os seus segmentos operacionais. Uma parte insignificante desse imóvel se encontra sem uso e outra entidade tentou adquiri-la, mas a Sociedade Empresária Delta não poderia aliená-la separadamente.

III. A Sociedade Empresária Delta é proprietária de um imóvel que se encontra ocupado por seus empregados. Futuramente a empresa pretende ocupar o imóvel para alocar parte de seu setor administrativo.

Considerando-se apenas as informações apresentadas e a NBC TG 28 (R4) – Propriedade para investimento, pode(m) ser classificada(s) como propriedade(s) para investimento(s) apenas a(s) propriedade(s) descrita(s) em

A) I.
B) II.
C) III.
D) I e III.

GABARITO.

QUESTÃO 07
(CFC 2018) Em novembro de 2017 uma Sociedade Empresária comprou móveis e utensílios para fins de utilização em suas atividades administrativas. Esses ativos foram adquiridos de um fornecedor nacional e o montante de caixa dado como entrada no ato da compra foi de R$ 5.000,00.

O restante do pagamento ficou acordado para ser efetuado em quatro prestações mensais, iguais e consecutivas de R$ 3.000,00, devendo a primeira prestação ser paga em dezembro de 2017. Na data do reconhecimento do custo inicial dos móveis e utensílios, a Sociedade Empresária esperava utilizá-los por mais de um período.

No reconhecimento inicial ficou constatado que o prazo de pagamento não excedia os prazos normais de crédito e que o preço equivalente à vista era R$ 17.000,00.

Considerando-se apenas as informações apresentadas, assinale a alternativa que representa o correto lançamento contábil do custo inicial de aquisição dos móveis e utensílios dessa Sociedade Empresária.


GABARITO.

QUESTÃO 08
(CFC 2018) Uma Sociedade Empresária tem como atividade principal a produção e a comercialização de milho. Essa sociedade também desenvolve, em menor escala, atividade de comercialização de fubá, canjica, amido e flocos, todos resultantes do processamento do milho colhido. Sabe-se que, ao encerrar o último exercício social, faziam parte dos

Ativos dessa sociedade e estavam registrados em seu Balanço Patrimonial:

  • uma lavoura de milho no ponto de colheita;
  • 120 toneladas de milho (em grãos) colhidas na última safra e armazenadas em silos da Sociedade Empresária;
  • produtos, resultantes do processamento do milho colhido, armazenados no galpão da Sociedade Empresária.

Considerando-se apenas as informações apresentadas e a NBC TG 29 (R2) – Ativo biológico e produto agrícola, assinale a alternativa correta sobre esses Ativos da Sociedade Empresária.

A) A lavoura de milho é uma Planta Portadora.

B) A lavoura de milho é um Imobilizado em Andamento.

C) Os produtos resultantes do processamento do milho colhido são classificados como Estoques.

D) O milho em grãos e os produtos resultantes do processamento do milho colhido são classificados como Ativos Biológicos.

GABARITO.

QUESTÃO 09*

QUESTÃO 10
(CFC 2018) Analise as afirmativas com relação à NBC TG 06 que trata das Operações de Arrendamento Mercantil.

I. Na data de início, o arrendador deve reconhecer os ativos mantidos em arrendamento financeiro em seu balanço patrimonial e deve apresentá-los como recebível ao valor equivalente ao investimento líquido no arrendamento.

II. O arrendamento é classificado como arrendamento operacional se transferir substancialmente todos os riscos e benefícios inerentes à propriedade do ativo subjacente.

III. Indicadores de situações que, individualmente ou em combinação, também poderiam levar o arredamento a ser classificado como arrendamento financeiro são: (a) se o arrendatário puder cancelar o arrendamento, as perdas do arrendador associadas ao cancelamento são arcadas pelo arrendatário; (b) ganhos ou perdas provenientes da flutuação no valor justo do residual são gerados para o arrendatário; e (c) se o arrendatário tiver a capacidade de continuar o arrendamento por período secundário, com aluguel que seja substancialmente menor que o aluguel de mercado.

IV. Arrendador é a entidade que obtém o direito de usar o ativo subjacente por um período de tempo em troca de contraprestação.

Estão corretas apenas as afirmativas

A) I e II.
B) I e III.
C) I, II e IV.
D) II, III e IV.

GABARITO.

QUESTÃO 11
(CFC 2018) A NBC TG 01 trata da redução ao valor recuperável de ativos e assevera que ao avaliar se há alguma indicação de que um ativo possa ter sofrido desvalorização, a entidade deve considerar fontes externas e internas de informação.

Nesse contexto, pode-se considerar uma fonte interna de avaliação:

A) Evidência disponível de obsolescência ou de dano físico de um ativo.

B) Valor contábil do patrimônio líquido da entidade maior do que o valor de suas ações no mercado.

C) Mudanças significativas com efeito adverso sobre a entidade que ocorreram durante o período, ou ocorrerão em futuro próximo, no ambiente tecnológico, de mercado, econômico ou legal, no qual a entidade opera ou no mercado para o qual o ativo é utilizado.

D) Taxas de juros de mercado ou outras taxas de mercado de retorno sobre investimentos que aumentaram durante o período, e esses aumentos provavelmente afetarão a taxa de desconto utilizada no cálculo do valor em uso de um ativo e diminuirão materialmente o valor recuperável do ativo.

GABARITO.

QUESTÃO 12
(CFC 2018) Uma empresa comercial comprou 100 unidades da mercadoria “X” por um valor total de R$ 8.000,00 em 01/08/X1. Em 15/08/X1 vendeu 50 unidades dessa mercadoria pelo valor R$ 100,00 cada. Em 20/08/X1 adquiriu mais 50 unidades da mesma mercadoria pelo valor unitário de R$ 90,00.

Sabendo-se que a empresa utiliza o método PEPS para controle de seus estoques e que os valores estão todos já livres de impostos recuperáveis, o valor do CMV apurado no dia 31/08/X1 foi de:

A) R$ 4.000,00.
B) R$ 5.000,00.
C) R$ 8.500,00.
D) R$ 12.500,00.

GABARITO.

QUESTÃO 13*

QUESTÃO 14
(CFC 2018) Em relação à NBC TG 29 que trata de Ativos Biológicos e Produtos Agrícolas, analise as afirmativas.

I. _____________________________ é um animal e/ou uma planta vivos.

II. _____________________________ compreende o processo de crescimento, degeneração, produção e procriação que causa mudanças qualitativa e quantitativa no ativo biológico.

III. _____________________________ é o produto colhido de ativo biológico da entidade.

IV. ___________________ é a extração do produto de ativo biológico ou a cessação da vida desse ativo biológico.

Assinale a alternativa que completa correta e sequencialmente as afirmativas anteriores.

A) Ativo biológico / Atividade agrícola / Colheita / Produção agrícola

B) Ativo biológico / Transformação biológica / Produção agrícola / Colheita

C) Ativo biológico / Transformação biológica / Colheita / Produção agrícola

D) Produção agrícola / Atividade agrícola / Colheita / Transformação biológica

GABARITO.

QUESTÃO 15
(CFC 2018) A NBC TG 02 detalha as definições de moeda funcional. Conforme previsto pelo NBC TG 02, a moeda funcional da entidade pode ser determinada por vários fatores. Todos os critérios a seguir podem ser utilizados como evidência para definir a moeda funcional, EXCETO:

A) A moeda que mais influencia os preços de venda de bens e serviços.

B) A moeda por meio da qual são originados recursos das atividades de financiamento.

C) A moeda na qual a flutuação cambial é a menor possível quando comparada ao dólar norte-americano.

D) A moeda por meio da qual os recursos gerados pelas atividades operacionais são usualmente acumulados.

GABARITO.

QUESTÃO 16
(CFC 2018) Determinada empresa de mineração explora as jazidas de sua propriedade e anualmente registra uma perda que corresponde ao decréscimo de valor dessas reservas minerais. De acordo com a Lei nº 6404/1976 e suas alterações, essa perda denomina-se:

A) Exaustão.
B) Depreciação.
C) Amortização.
D) Reserva de reavaliação.

GABARITO.

QUESTÃO 17
(CFC 2018) O artigo 178 da Lei nº 6404/1976 define que as contas serão dispostas no Ativo em ordem decrescente de grau de liquidez dos elementos nelas registrados. Todas as contas contábeis a seguir podem ser classificadas no Ativo Circulante, EXCETO:

A) Ações em tesouraria.
B) Estoque de matéria-prima.
C) Conta corrente em bancos.
D) Despesas pagas antecipadamente.

GABARITO.

QUESTÃO 18
(CFC 2018) Uma empresa industrial apresentou os seguintes dados em determinado período, a saber:

  • Custo Fixo Total (CF) = R$ 100,00;
  • Custo Variável Unitário (CVu) = R$ 20,00.

Sabe-se que o Custo Médio (CMe) pode ser obtido somando-se o Custo Fixo Unitário (CFu) ao Custo Variável Unitário (CVu). Com base nas informações disponibilizadas e considerando que a entidade produz um único tipo de produto, assinale a alternativa correspondente ao Custo Médio (CMe) quando a quantidade produzida (Q) for igual a 2, 4 e 5 unidades, respectivamente.

A) R$ 60,00, R$ 53,33 e R$ 35,00.
B) R$ 60,00, R$ 53,33 e R$ 40,00.
C) R$ 70,00, R$ 45,00 e R$ 40,00.
D) R$ 70,00, R$ 45,00 e R$ 35,00.

GABARITO.

QUESTÃO 19
(CFC 2018) O departamento Alfa de produção possui um Custo Indireto total de R$ 17.000,00 e precisa distribui-lo a três produtos: X, Y e Z. Os seguintes dados foram disponibilizados:


As horas-máquina (H/M) utilizadas para a fabricação dos produtos X, Y e Z foram de 1.500, 2.000 e 2.500, respectivamente. Verifica-se, portanto, um total de horas-máquina utilizadas de 6.000.

O custo total do produto X considerando o rateio com base na (MP), o custo total do produto Y utilizando o rateio com base no (CD) e o custo total do produto Z usando o rateio baseado em (H/M) têm, respectivamente, os valores:

A) R$ 16.594,59, R$ 19.534,88 e R$ 24.083,33.
B) R$ 16.744,19, R$ 19.513,51 e R$ 23.083,33.
C) R$ 16.594,59, R$ 19.534,88 e R$ 23.083,33.
D) R$ 16.744,19, R$ 19.513,51 e R$ 24.083,33.

GABARITO.

QUESTÃO 20
(CFC 2018) A companhia Gama Industrial apresentou a seguinte relação em determinado período:

A companhia Gama Industrial apresentou a seguinte relação em determinado período

Com base nos dados disponibilizados, assinale a alternativa que corresponde, respectivamente, aos custos primários e de transformação no período.

A) R$ 23.200.000,00 e R$ 23.530.000,00.
B) R$ 24.030.000,00 e R$ 23.530.000,00.
C) R$ 23.200.000,00 e R$ 22.450.000,00.
D) R$ 24.030.000,00 e R$ 22.450.000,00.

GABARITO

QUESTÃO 21
(CFC 2018) A Companhia NKT apresentou uma relação dos seus custos fixos totais e variáveis unitários em determinado período, a saber:


O preço de venda fixado para cada unidade é de R$ 1.200,00. Com base no custeio variável e considerando as informações disponíveis, quantas unidades devem ser produzidas e vendidas no período para que a empresa tenha um lucro equivalente a 30% de sua receita total?

A) 2.300.
B) 2.400.
C) 2.500.
D) 2.600.

GABARITO.

QUESTÃO 22
(CFC 2018) Uma entidade pública foi acionada na justiça por um antigo funcionário, que cobrava R$ 20.000,00 referentes ao adicional de insalubridade não pago. Os advogados da entidade consideram que o risco de perda na justiça é possível.

Assinale a alternativa que indica o tratamento contábil correto do fato de acordo com a NBC TSP 03 – Provisões, Passivos Contingentes e Ativos Contingentes.

A) Constituir provisão para contingências e evidenciar o fato em nota explicativa.
B) Constituir provisão para contingências, mas não evidenciar o fato em nota explicativa.
C) Não constituir provisão para contingências, mas evidenciar o fato em nota explicativa.
D) Não constituir provisão para contingências e nem evidenciar o fato em nota explicativa.

GABARITO.

QUESTÃO 23
(CFC 2018) Na transação com contraprestação, a entidade recebe ativos ou serviços, ou tem passivos extintos, e diretamente entrega um valor aproximadamente equivalente à outra parte em troca. De acordo com a NBC TSP 02 – Receita de Transação com Contraprestação, a receita decorrente da venda de bens deve ser reconhecida quando as seguintes condições tiverem sido satisfeitas, com exceção de uma; assinale-a.

A) Os custos incorridos na transação e os custos para concluir a transação puderem ser mensurados confiavelmente.

B) For provável que os benefícios econômicos ou potencial de serviços associados à transação fluirão para a entidade.

C) A entidade tiver transferido ao comprador todos os riscos e benefícios significativos inerentes à propriedade dos bens.

D) A entidade mantiver envolvimento continuado na gestão dos bens vendidos, no que diz respeito ao controle dos bens.

GABARITO.

QUESTÃO 24
(CFC 2018) De acordo com a NBC T 16.8 – Controle Interno, o controle interno deve ser exercido em todos os níveis da entidade do setor público, e compreende a preservação do patrimônio público, o controle da execução das ações que integram os programas e a observância às leis, aos regulamentos e às diretrizes estabelecidas.

Em relação à classificação do controle interno, assinale a alternativa correta.

A) A categoria normativa relaciona-se à observância da regulamentação pertinente.
B) A categoria contábil relaciona-se às ações que propiciam o alcance dos objetivos da entidade.
C) A categoria da tempestividade relaciona-se ao momento oportuno das informações contábeis.
D) A categoria de confiabilidade relaciona-se à veracidade e à fidedignidade dos registros contábeis.

GABARITO.

QUESTÃO 25
(CFC 2018) As seguintes informações são referentes a uma indústria que produz apenas um produto; analise-as.


  • Preço de venda do produto: R$ 250,00/unidade.
  • Custos e despesas variáveis: R$ 150,00/unidade.
  • Custos e despesas fixos: R$ 12.000/mês.
  • Amortização do principal (empréstimos): R$ 2.000/mês.
  • Remuneração do capital próprio: R$ 3.000/mês.
  • A indústria compra e vende somente à vista.


Com base apenas nas informações disponíveis e desconsiderando depreciação e tributos, assinale a alternativa correta que indica, respectivamente, as quantidades mínimas do produto (em unidades) que deveriam ser vendidas mensalmente suficientes para: 1) a indústria atingir o ponto de equilíbrio contábil; 2) a indústria remunerar o capital próprio; e 3) a indústria amortizar o principal de suas dívidas e remunerar o capital próprio.

A) 48, 52 e 60.
B) 48, 60 e 68.
C) 120, 150 e 170.
D) 120, 150 e 270.

GABARITO.

QUESTÃO 26
(CFC 2018) Uma indústria de laticínios produz dois tipos de queijo: minas padrão e muçarela. No mês de julho de 2018 foram apuradas as seguintes informações:

  • Custo da matéria-prima (MP): R$ 1,00 por litro de leite.
  • O consumo de matéria-prima se dá por quilo produzido.


  • A mão de obra direta (MOD) totalizou R$ 20.000,00 sendo 60% distribuído para o queijo minas padrão e 40% para o muçarela.
  • Os custos indiretos de produção Fixos totalizaram R$ 24.000,00.
  • O preço de venda do queijo minas padrão foi R$ 17,00/kg e o preço de venda do queijo muçarela foi R$ 19,00/kg.

Considerando-se apenas as informações disponíveis, assinale a alternativa correta que indica, respectivamente, o valor em R$ da margem de contribuição por kg do queijo minas padrão e por kg do queijo muçarela. Desconsidere qualquer incidência de impostos e admita que essa indústria trabalhou com sua capacidade normal de produção.

A) R$ 7,00 e R$ 8,00.
B) R$ 10,00 e R$ 11,00.
C) R$ 12,00 e R$ 14,00.
D) R$ 14,00 e R$ 17,00.

GABARITO.

QUESTÃO 27
(CFC 2018) Dentre os modelos de avaliação de desempenho, tem-se o balanced scorecard com quatro perspectivas, sendo elas: financeira, cliente, processos internos e aprendizado e crescimento. Kaplan e Norton (2004) citados por Schmidt, Santos e Martins (2014) apresentam a integração destas quatro perspectivas à estratégia organizacional. Sobre este assunto, analise as afirmativas, marque V para as verdadeiras e F para as falsas.

( ) Desempenho financeiro: traduz-se no principal ingrediente para alavancar o sucesso financeiro. Kaplan e Norton (2004) enfatizam que o monitoramento dessa perspectiva passa pela estruturação de indicadores para medir a satisfação, retenção e crescimento do sucesso com os clientes-alvo. Além disso, define objetivamente a proposta de valor para os segmentos de clientes-alvo. A seleção adequada da proposição de valor para os clientes é o elemento central da estratégia.

( ) Sucesso dos clientes-alvo: é critério definitivo para mensurar o desempenho financeiro da organização. Cabe à organização estabelecer estratégias capazes de promover o crescimento de valor sustentável para os acionistas.

( ) Processos internos: constituem-se no mecanismo capaz de criar e cumprir a proposição de valor para os clientes. Ao estabelecer indicadores para acompanhar a evolução dos processos internos, estará monitorando-se, em última instância, a tendência de melhoria desses processos, e o impacto junto aos clientes e nos resultados.

( ) Aprendizado e crescimento: os objetivos estabelecidos nessa perspectiva descrevem como pessoas, tecnologia e clima organizacional que se conjugam para sustentar a estratégia. Os ativos intangíveis são a fonte definitiva de criação de valor sustentável, então, as melhorias obtidas nessa perspectiva constituem-se em indicadores de tendência para os processos internos, que impulsionam o sucesso para os clientes e acionistas.

A sequência está correta em

A) V, F, V, F.
B) F, V, F, V.
C) F, F, V, V.
D) V, V, F, F.

GABARITO.

QUESTÃO 28
(CFC 2018) De acordo com a Lei nº 5172/1966 (Código Tributário Nacional), em seu art. 113, as obrigações tributárias se dividem entre principais e acessórias. Dentre as listadas a seguir, todas são obrigações acessórias, EXCETO:

A) Pagamento do tributo devido.
B) Preparação e envio das declarações exigidas pelo Fisco.
C) Escrituração das operações de circulação de mercadoria.
D) Emissão da nota fiscal de venda de mercadoria ou serviço.

GABARITO.

QUESTÃO 29
(CFC 2018) O crédito tributário representa o direito de crédito da Fazenda Pública perante o contribuinte ou o responsável a pagar o tributo. O Código Tributário Nacional define as hipóteses de extinção, suspensão e exclusão do crédito tributário. Qual dos meios a seguir NÃO acarreta em extinção da exigibilidade do crédito tributário?

A) Pagamento.
B) Parcelamento.
C) Compensação.
D) Decisão judicial passada em julgado.

GABARITO.

QUESTÃO 30
(CFC 2018) A legislação civil consolida diversas normas reguladoras das relações jurídicas de ordem privada. Um dos conceitos por ela trazidos é a respeito daquele “que exerce profissionalmente atividade econômica organizada para a produção ou a circulação de bens e serviços”.

Este conceito corresponde ao:

A) Empresário.
B) Perito judicial.
C) Despachante aduaneiro.
D) Sujeito ativo da obrigação tributária.

GABARITO.

QUESTÃO 31
(CFC 2018) Durante todo o mês de julho de 2018, a Sociedade Empresária Alfa realizou pesquisa diária visando medir a força relativa da relação linear entre o número de acessos ao seu site na Internet e o volume de vendas (em R$) de seu Produto “A”.

Sabe-se que os dados amostrais obtidos para os quatro primeiros dias de pesquisa foram:


Considerando-se apenas as informações apresentadas, qual das alternativas a seguir apresenta o valor que mais se aproxima do coeficiente de correlação (r de Pearson) existente entre o número de acessos ao site e o volume de vendas do Produto “A” nos quatro primeiros dias da pesquisa?

A) 1.
B) 4.
C) 9.
D) 18.

GABARITO.

QUESTÃO 32
(CFC 2018) Em 17/08/2018 um cliente tomou um empréstimo para pagamento em 4 prestações mensais, iguais e sucessivas, no valor de R$ 500,00 cada, devendo a primeira prestação ser paga em 17/09/2018.

A taxa de juros contratada para essa dívida foi de 2% ao mês de juros compostos. Considerando somente as informações apresentadas e desconsiderando-se a incidência de impostos, assinale, entre as alternativas a seguir, o valor aproximado que o cliente tomou como empréstimo em 17/08/2018.

Admita que o plano para pagamento da dívida adota o mês comercial de 30 dias e que os juros mensais estão embutidos no valor das prestações.

A) R$ 1.851,85.
B) R$ 1.903,86.
C) R$ 1.980,00.
D) R$ 2.000,00.

GABARITO.

A NBC TG Estrutura Conceitual – Estrutura Conceitual para Elaboração e Divulgação de Relatório Contábil-Financeiro contextualiza as questões 33, 34 e 35.

QUESTÃO 33
(CFC 2018) Com base na referida NBC TG Estrutura Conceitual, reconhecimento envolve a descrição do item, a mensuração do seu montante monetário e a sua inclusão no balanço patrimonial ou na demonstração do resultado.

Segundo a norma, os itens que satisfazem os critérios de reconhecimento devem ser reconhecidos no balanço patrimonial ou na demonstração do resultado. A falta de reconhecimento de tais itens não é corrigida pela divulgação das práticas contábeis adotadas nem tampouco pelas notas explicativas ou material elucidativo.

Referente ao assunto intitulado reconhecimento à luz da referida norma, assinale a alternativa INCORRETA.

A) As despesas devem ser reconhecidas na demonstração do resultado quando ocasionarem em decréscimo nos benefícios econômicos futuros, relacionado com o aumento de um ativo ou a diminuição de um passivo, e puder ser mensurado com confiabilidade. Isso significa, na prática, que o reconhecimento da despesa ocorre simultaneamente com o reconhecimento de aumento nos passivos ou de diminuição nos ativos (por exemplo, a alocação por competência de obrigações trabalhistas ou da depreciação de equipamento).

B) A receita deve ser reconhecida na demonstração do resultado quando resultar em aumento nos benefícios econômicos futuros relacionado com o aumento de ativo ou com a diminuição de passivo, e puder ser mensurado com confiabilidade. Isso significa, na prática, que o reconhecimento da receita ocorre simultaneamente com o reconhecimento do aumento nos ativos ou da diminuição nos passivos (por exemplo, o aumento líquido nos ativos originado da venda de bens e serviços ou o decréscimo do passivo originado do perdão de dívida a ser paga).

C) Um ativo não deve ser reconhecido no balanço patrimonial quando os gastos incorridos não proporcionarem a expectativa provável de geração de benefícios econômicos para a entidade além do período contábil corrente. Ao invés disso, tal transação deve ser reconhecida como despesa na demonstração do resultado. Esse tratamento não implica dizer que a intenção da administração ao incorrer nos gastos não tenha sido a de gerar benefícios econômicos futuros para a entidade ou que a administração tenha sido mal conduzida. A única implicação é que o grau de certeza quanto à geração de benefícios econômicos para a entidade, além do período contábil corrente, é insuficiente para garantir o reconhecimento do ativo.

D) Um passivo deve ser reconhecido no balanço patrimonial quando for provável que uma saída de recursos detentores de benefícios econômicos seja exigida em liquidação de obrigação presente e o valor pelo qual essa liquidação se dará puder ser mensurado com confiabilidade. Na prática, as obrigações originadas de contratos ainda não integralmente cumpridos de modo proporcional – proportionately unperformed (por exemplo, passivos decorrentes de pedidos de compra de produtos e mercadorias ainda não recebidos) – não são geralmente reconhecidas como passivos nas demonstrações contábeis. Contudo, tais obrigações podem enquadrar-se na definição de passivos caso sejam atendidos os critérios de reconhecimento nas circunstâncias específicas, e podem qualificar-se para reconhecimento. Nesses casos, o reconhecimento dos passivos exige o reconhecimento dos correspondentes ativos ou despesas.

GABARITO.

QUESTÃO 34
(CFC 2018) À luz da NBC TG Estrutura Conceitual, mensuração é o processo que consiste em determinar os montantes monetários por meio dos quais os elementos das demonstrações contábeis devem ser reconhecidos e apresentados no balanço patrimonial e na demonstração do resultado.

Esse processo envolve a seleção da base específica de mensuração. Ainda, segundo a norma, um número variado de bases de mensuração é empregado em diferentes graus e em variadas combinações nas demonstrações contábeis.

Sobre este assunto, analise as afirmativas a seguir, marque V para as verdadeiras e F para as falsas.

( ) Custo histórico. Os ativos são mantidos pelos montantes em caixa ou equivalentes de caixa que teriam de ser pagos se esses mesmos ativos ou ativos equivalentes fossem adquiridos na data do balanço. Os passivos são reconhecidos pelos montantes em caixa ou equivalentes de caixa, não descontados, que se espera seriam necessários para liquidar a obrigação na data do balanço.

( ) Custo corrente. Os ativos são registrados pelos montantes pagos em caixa ou equivalentes de caixa ou pelo valor justo dos recursos entregues para adquiri-los na data da aquisição. Os passivos são registrados pelos montantes dos recursos recebidos em troca da obrigação ou, em algumas circunstâncias (como, por exemplo, imposto de renda), pelos montantes em caixa ou equivalentes de caixa se espera serão necessários para liquidar o passivo no curso normal das operações.

( ) Valor realizável (valor de realização ou de liquidação). Os ativos são mantidos pelos montantes em caixa ou equivalentes de caixa que poderiam ser obtidos pela sua venda em forma ordenada. Os passivos são mantidos pelos seus montantes de liquidação, isto é, pelos montantes em caixa ou equivalentes de caixa, não descontados, que se espera serão pagos para liquidar as correspondentes obrigações no curso normal das operações.

( ) Valor presente. Os ativos são mantidos pelo valor presente, descontado, dos fluxos futuros de entradas líquidas de caixa que se espera seja gerado pelo item no curso normal das operações. Os passivos são mantidos pelo valor presente, descontado, dos fluxos futuros de saídas líquidas de caixa que se espera serão necessários para liquidar o passivo no curso normal das operações.

A sequência está correta em

A) F, F, F, F.
B) F, F, V, V.
C) F, V, V, V.
D) V, V, V, V.

GABARITO.

QUESTÃO 35
(CFC 2018) A NBC TG Estrutura Conceitual citada apresenta as características qualitativas fundamentais e características qualitativas de melhoria. De acordo com o exposto, NÃO representa uma característica qualitativa de melhoria:

A) Materialidade.
B) Verificabilidade.
C) Tempestividade.
D) Comparabilidade.

GABARITO.

QUESTÃO 36
(CFC 2018) De acordo com Iudícibus, Marion e Faria (2009), no começo do século XX presenciou-se a queda da chamada Escola Europeia (mais especificamente a Italiana) e a ascensão da chamada Escola Norte-Americana no mundo contábil. Em relação às razões que resultaram na ascensão da Escola Norte-Americana, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.

( ) Ênfase ao Usuário da Informação Contábil: a Contabilidade é apresentada como algo útil para a tomada de decisões, evitando-se endeusar demasiadamente a contabilidade; atender os usuários é o grande objetivo.

( ) Ênfase à Contabilidade Aplicada: como herança dos ingleses e transparência para os investidores das sociedades anônimas (e outros usuários) nos relatórios contábeis, a auditoria é muito enfatizada.

( ) Ênfase a uma Contabilidade Teórica: principalmente à Contabilidade Gerencial. Ao contrário dos europeus, não havia uma preocupação com a teoria das contas, ou querer provar que a Contabilidade é uma ciência.

( ) Universidades em busca de qualidade: grandes quantias para as pesquisas no campo contábil, o professor em dedicação exclusiva e o aluno em período integral valorizavam o ensino nos Estados Unidos.

A sequência está correta em

A) V, F, F, V.
B) V, V, V, V.
C) F, V, V, F.
D) F, F, F, F.

GABARITO.

QUESTÃO 37
Analise as afirmativas a seguir.

I. A simples existência da moral já significa uma presença da ética, já que os dois termos são sinônimos e representam a ciência que estuda e problematiza os valores e costumes da sociedade.

II. No caso da ética, todos os meios são justificáveis, não só aqueles que estão de acordo com os fins da própria ação. Em outras palavras, fins éticos não exigem meios éticos.

III. A ética profissional representa um conjunto de normas e valores morais que direcionam a conduta dos integrantes de determinada profissão e distingue-se do conceito de ética pessoal.

(CFC 2018) No que tange aos conceitos de ética geral pessoal e profissional, ética e moral, sociedade e ética, contabilidade na sociedade, está correto o que se afirma apenas em

A) I.
B) III.
C) I e II.
D) II e III.

GABARITO.

QUESTÃO 38
(CFC 2018) Para que desenvolva com eficácia suas atividades, muitas são as virtudes que um profissional precisa ter; algumas dessas virtudes são inerentes ao seu caráter, outras podem ser conquistadas. São virtudes necessárias ao profissional contabilista:

A) Competência, desídia, confiabilidade.
B) Imparcialidade, probidade, prudência.
C) Hombridade, improbidade, humildade.
D) Honestidade, pessoalidade, competência.

GABARITO.

QUESTÃO 39
(CFC 2018) Determinado escritório de contabilidade publicou anúncio em jornal de grande circulação local com os dizeres “seja nosso cliente e não pague imposto de renda”. Com base no código de conduta do profissional contabilista, a oferta de serviços de forma promocional caracteriza, em regra:

A) Retenção abusiva.
B) Concorrência desleal.
C) Apropriação indébita.
D) Aviltamento de honorários.

GABARITO.

QUESTÃO 40
(CFC 2018) Nos termos da Resolução CFC nº 1370/2011, assinale a afirmativa correta.

A) Os Conselhos de Contabilidade gozam de imunidade tributária total em relação à renda e imunidade tributária parcial quanto aos seus bens e serviços.

B) O exercício da profissão contábil, tanto na área privada quanto na pública, constitui prerrogativa exclusiva dos contadores e dos técnicos em contabilidade.

C) Os empregados dos Conselhos de Contabilidade serão contratados em regime estatutário, por meio de concurso público, de acordo com resolução editada pelo CFC.

D) Técnico em Contabilidade é o diplomado em curso de nível superior de dois anos de duração, em conformidade com as novas regras da Lei de Diretrizes e Bases da Educação.

GABARITO.

QUESTÃO 41
(CFC 2018) Certa empresa, que produz e vende mochilas, possui duas fábricas no Rio de Janeiro. Para cortar custos, colocou uma das fábricas à venda, empenhando-se para encontrar um comprador.

Além disso, o preço pedido pela venda da fábrica é razoável em relação ao seu valor justo corrente. A empresa possui algumas encomendas e pretende transferir a fábrica a um comprador assim que sejam cumpridos todos os pedidos de clientes não concluídos.

De acordo com o exposto, assinale, a seguir, a correta classificação contábil desta fábrica no balanço patrimonial da empresa de acordo com as normas contábeis brasileiras.

A) Ativo circulante.
B) Ativo imobilizado.
C) Ativo realizável a longo prazo.
D) Ativo não circulante mantido para a venda.

GABARITO.

QUESTÃO 42
(CFC 2018) Uma empresa apresentava o seguinte balanço patrimonial em 31/12/2015:

Caixa 200.000 Capital Social 200.000

No ano de 2016 aconteceram os seguintes eventos:
  • Compra de um veículo por R$ 30.000,00 à vista. A empresa espera utilizá-lo por dez anos, enquanto a vida útil fiscal é de cinco anos;
  • Apuração de receita de serviços no valor de R$ 70.000,00 à vista. Os custos eram de R$ 100.000,00 e foram pagos à vista.

No ano de 2017 aconteceram os seguintes eventos:
  • Apuração de receita de serviços à vista no valor de R$ 120.000,00. Os custos eram de R$ 100.000,00 e foram pagos à vista.
Assinale o saldo do imposto de renda e contribuição social diferidos, apresentado no balanço patrimonial da empresa em 31/12/2017, considerando a alíquota de imposto de renda e contribuição social de 34% e que a empresa apresenta perspectiva de lucros futuros em todos os exercícios.

A) R$ 8.772,00.
B) R$ 9.034,00.
C) R$ 10.812,00.
D) R$ 12.852,00.

GABARITO.

QUESTÃO 43
(CFC 2018) Uma empresa apresentava o seguinte Balanço Patrimonial em 31/12/2016:


Na data, o terreno era avaliado ao custo, sendo que seu valor justo era de R$ 80.000,00. Além disso, a máquina tinha sido comprada em 02/01/2016 e era depreciada pelo método dos benefícios gerados.

A empresa tinha a intenção de utilizar a máquina por quatro anos e depois doá-la. Na elaboração do balanço patrimonial da empresa em 31/12/2017, verificou-se que a previsão para as Perdas Estimadas em Créditos de Liquidação Duvidosa (PECLD) era de 4%.

Além disso, os contadores da empresa julgaram que a informação contábil se aproximaria mais da realidade, caso os terrenos fossem avaliados ao valor justo e a máquina depreciada pelo método da linha reta. O valor justo do terreno na data era de R$ 85.000,00.

Assinale, a seguir, os valores do ativo total em 31/12/2017 em comparação ao de 31/12/2016, de acordo com o NBC TG 23 (R2) – Políticas Contábeis, Mudança de Estimativa e Retificação de Erro.

A) R$ 159.200,00 e R$ 137.600,00.
B) R$ 159.200,00 e R$ 157.100,00.
C) R$ 159.700,00 e R$ 137.600,00.
D) R$ 159.700,00 e R$ 157.600,00.

GABARITO.

QUESTÃO 44
(CFC 2018) Uma loja vendia um único modelo de bola. Em 01 de janeiro de 2018, o estoque da loja era formado por 100 unidades de bolas, sendo que o custo unitário era de R$ 50,00. Além disso, o preço de venda da bola era de R$ 80,00.
  • No mês de janeiro 10 unidades de bolas foram vendidas a R$ 80,00.
  • Em fevereiro, o preço diminuiu para R$ 60,00 e 15 unidades de bolas foram vendidas.
  • Em março, o preço diminuiu para R$ 40,00 e 30 unidades de bolas foram vendidas.
  • Em abril, o preço passou para R$ 60,00 e 20 unidades de bolas foram vendidas.
  • Já em maio e em junho, o preço era de R$ 65,00 e 18 unidades de bolas foram vendidas no total.
Com base nas informações anteriores e na NBC TG 16 (R2) – Estoques, assinale o valor do Lucro Antes do Imposto de Renda e Contribuição Social (LAIRCS) da loja no primeiro semestre de 2018, considerando que não houve outras transações.

A) R$ 620,00.
B) R$ 920,00.
C) R$ 1.550,00.
D) R$ 5.270,00.

GABARITO.

QUESTÃO 45
(CFC 2018) A NBC TA 200 (R1) – Objetivos Gerais do Auditor Independente e a Condução da Auditoria em Conformidade com Normas de Auditoria apresenta vários termos e com seus respectivos significados. Diante do exposto, analise as afirmativas, marque V para as verdadeiras e F para as falsas.

( ) Informação contábil histórica: informação expressa em termos financeiros em relação a uma entidade específica, derivada principalmente do sistema contábil da entidade, a respeito de eventos econômicos ocorridos em períodos passados ou de condições ou circunstâncias econômicas em determinada data no passado.

( ) Ceticismo profissional: aplicação do treinamento, conhecimento e experiência relevantes, dentro do contexto fornecido pelas normas de auditoria, contábeis e éticas, na tomada de decisões informadas a respeito dos cursos de ação apropriados nas circunstâncias do trabalho de auditoria.

( ) Administração: pessoa ou organização com a responsabilidade de supervisionar de forma geral a direção estratégica da entidade e obrigações relacionadas com a responsabilidade da entidade. Isso inclui a supervisão geral do processo de relatório financeiro. Para algumas entidades, os responsáveis pela governança podem incluir empregados da administração, por exemplo, membros executivos de conselho de governança de uma entidade do setor privado ou público, ou sócio-diretor.

( ) Distorção: diferença entre o valor, a classificação, a apresentação ou a divulgação de uma demonstração contábil relatada e o valor, a classificação, a apresentação ou a divulgação que é exigida para que o item esteja de acordo com a estrutura de relatório financeiro aplicável. As distorções podem originar-se de erro ou fraude. Quando o auditor expressa uma opinião sobre se as demonstrações contábeis foram apresentadas adequadamente, em todos os aspectos relevantes, as distorções também incluem os ajustes de valor, classificação, apresentação ou divulgação que, no julgamento do auditor, são necessários para que as demonstrações contábeis estejam apresentadas, adequadamente, em todos os aspectos relevantes.

A sequência está correta em

A) F, V, F, F.
B) V, F, F, V.
C) F, V, V, F.
D) F, V, F, V.

GABARITO.

QUESTÃO 46
(CFC 2018) A NBC TA 580 (R1) – Representações Formais apresenta os objetivos do auditor. NÃO representa um objetivo elucidado pela referida norma:

A) Responder adequadamente aos fatos que chegaram ao conhecimento do auditor independente após a data de seu relatório, que, se fossem do seu conhecimento naquela data (do relatório), poderiam ter levado o auditor a alterar seu relatório.

B) Obter representações formais da administração e, quando apropriado, dos responsáveis pela governança, de que eles cumpriram com suas responsabilidades pela elaboração das demonstrações contábeis e pela integridade das informações fornecidas ao auditor.

C) Reagir apropriadamente às representações formais fornecidas pela administração (quando apropriado dos responsáveis pela governança) ou se a administração (e quando apropriado, os responsáveis pela governança) não fornecer as representações solicitadas pelo auditor.

D) Dar suporte a outras evidências de auditoria relevantes para as demonstrações contábeis ou para afirmações específicas nas demonstrações contábeis por meio de representações formais, se o auditor determinar que estas são necessárias ou se forem exigidas por outras normas de auditoria.

GABARITO.

QUESTÃO 47
(CFC 2018) Sobre apresentação do laudo pericial contábil e oferta do parecer técnico-contábil à luz da NBC TP 01 – Perícia Contábil, analise as afirmativas, marque V para as verdadeiras e F para as falsas.

( ) O perito deve elaborar o laudo e o parecer, utilizando-se do vernáculo, sendo admitidas palavras ou expressões idiomáticas de outras línguas e de uso não comum nos tribunais judiciais ou extrajudiciais.

( ) Tratando-se de termos técnicos atinentes à profissão contábil devem, quando necessário, ser acrescidos de esclarecimentos adicionais e recomendada a utilização daqueles consagrados pela doutrina contábil.

( ) O laudo e o parecer são, respectivamente, orientados e conduzidos pelo perito do juízo, que adotará padrão próprio, respeitada a estrutura prevista na norma (NBC TP 01), devendo ser redigidos de forma circunstanciada, clara, objetiva, sequencial e lógica.

( ) A linguagem adotada pelo perito deve ser clara, concisa, evitando o prolixo e a tergiversação, possibilitando aos julgadores e às partes o devido conhecimento da prova técnica e interpretação dos resultados obtidos. As respostas não devem ser objetivas e nem lacônicas. Os termos técnicos devem ser inseridos no laudo e no parecer, de modo a se obter uma redação que qualifique o trabalho pericial, respeitadas as Normas Brasileiras de Contabilidade.

A sequência está correta em

A) V, F, V, F.
B) F, V, F, V.
C) V, F, V, V.
D) F, V, F, F.

GABARITO.

QUESTÃO 48
(CFC 2018) De acordo com a NBC PP 01 – Perito Contábil, o perito deve elaborar a proposta de honorários estimando, quando possível, o número de horas para a realização do trabalho, por etapa e por qualificação dos profissionais, considerando alguns dos seguintes trabalhos especificados, EXCETO:

A) Retirada e entrega do processo ou procedimento arbitral.
B) Pesquisa documental e exame de livros contábeis, fiscais e societários.
C) Elaboração de planilhas de cálculo, quadros, gráficos, simulações e análises de resultados.
D) Elaboração de termos de diligências para arrecadação de provas e comunicações exclusivas aos advogados.

GABARITO.

QUESTÃO 49
Texto I
Um dos estudantes levantou a mão. Embora compreendesse perfeitamente que não se podia permitir que pessoas de casta inferior desperdiçassem o tempo da Comunidade com livros e que havia sempre o perigo de lerem coisas que provocassem o indesejável descondicionamento de algum dos seus reflexos... enfim, ele não conseguia entender o referente às flores. Por que se dar ao trabalho de tornar psicologicamente impossível aos Deltas o amor às flores?
[...]
– As flores do campo e as paisagens, advertiu, têm um grave-defeito: são gratuitas. O amor à natureza não estimula a atividade de nenhuma fábrica. Decidiu-se que era preciso aboli-lo, pelo menos nas classes baixas; abolir o amor à natureza [...]
(HUXLEY, Aldous. Admirável Mundo Novo, p. 22, 1946.)

Texto II


(CFC 2018) A partir de uma comparação entre os textos I e II, e considerando-se uma possível reflexão advinda do texto I acerca de um comportamento social, depreende-se que o texto II constitui

A) uma referência a um fato atual de forma acrítica.
B) uma demonstração da necessidade de que o perfil profissional prevaleça.
C) crítica a todo tipo de atitude preconceituosa existente na sociedade atual.
D) crítica ao desmerecimento de determinados valores, em situações específicas.

GABARITO.

QUESTÃO 50
Por que ética?

Por que ética? E o que é a ética? Não poderemos nos contentar com uma representação qualquer ou indeterminada. Da mesma forma, pressupondo uma pré-compreensão completamente indeterminada, desde o início podemos nos perguntar: por que afinal devemos nos ocupar com a ética? […] Entre os jovens intelectuais, antigamente havia interesse mais pelas assim chamadas teorias críticas da sociedade.

Ao contrário disto, na ética supõe-se uma reflexão sobre valores reduzida ao individual e ao inter-humano. E teme-se que aqui, contudo não seria possível encontrar nada de obrigatório, a não ser remontando-se a tradições cristãs ou de outras religiões.

É o ético, ou então, ao contrário, as relações de poder, que são determinantes na vida social? E estas não determinam, por sua vez, as representações éticas de um tempo? E se isto é assim, ao se pretender lidar diretamente com a ética e não a partir de uma perspectiva de crítica da ideologia, não representaria isto um retorno a uma ingenuidade hoje insustentável?
(TUGENDHAT, Ernest. Lições sobre ética.
Petrópolis: Vozes. 1996, p. 11-13. Adaptado.)

(CFC 2018) No texto anterior, o autor utiliza como estratégia para a construção de seu texto uma sequência de interrogações. Pode-se afirmar que tal estratégia

A) indica pausas de elocução com o propósito de obter uma informação desconhecida até então.

B) preconiza a importância do debate acerca da ética, tendo em vista seu papel na sociedade, exposto e exemplificado pelo autor de forma sucinta, mas suficientemente esclarecedora.

C) demonstra a exposição de um ponto de vista sob forma de perguntas, trocando-se a afirmação por uma questão, acelerando-se o andamento discursivo e intensificando-se o sentido.

D) desmistifica o caráter persuasivo da argumentação, a ponto de elucidar de forma objetiva e clara o verdadeiro e único propósito de tal tipo textual: apresentar uma tese e demonstrar sua veracidade.

GABARITO.

Comentários