Questão de Biologia FASA 2019 com Gabarito

Biologia
Questão de Biologia FASA 2019 com Gabarito

BIOLOGIA

QUESTÃO 01
Água com protozoários em São Paulo:

“Alguns mananciais paulistas estão contaminados com protozoários. Uma análise feita em 28 pontos de 16 bacias e subbacias hidrográficas do estado, correspondendo a uma área de 121.876 quilômetros quadrados habitada por mais de 30 milhões de pessoas, detectou dois parasitas que podem causar diarreia, náusea, vômito, cólicas e mal-estar gástrico. Em 27% das 278 amostras coletadas, foi encontrada a Giardia lamblia, que pode causar a morte de pessoas com imunidade baixa, como portadores de HIV, transplantados, idosos e crianças. O estudo verificou que locais com altas concentrações de Giardia também continham altos índices dos chamados coliformes fecais, as bactérias presentes nas fezes.”

FASA 2019: Os altos índices de coliformes fecais encontrados nos mananciais contaminados com Giardia lamblia pode ser explicado:

a) pela presença de ovos e larvas dos mosquitos vetores da giardíase que se reproduzem no ambiente aquático.

b) pela presença de ovos do protozoário proveniente da sua reprodução que depende do ambiente aquático.

c) pela ausência de predadores das larvas e adultos da Giardia lamblia que poderiam controlar sua população evitando o surto de giardíase.

d) pela ausência de políticas públicas esclarecedoras das medidas profiláticas, principalmente no que diz respeito ao combate do vetor.

e) pela contaminação dos mananciais por esgotos, visto que a Giardia lamblia apresenta um ciclo fecal-oral.

GABARITO.

QUESTÃO 02
FASA 2019: Dois estudos publicados na revista Science no início de julho renovaram a esperança de que um dia, ainda que distante, se produza uma vacina eficaz e segura contra o HIV.

Em um dos trabalhos pesquisadores de duas universidades norte-americanas e dos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos (NIH), isolaram dois anticorpos altamente potentes do sangue de um portador do vírus da Aids. Cada um dos anticorpos – o VRC01 e o VRC02 – mostrou-se capaz de neutralizar 91% das 190 variedades mais comuns do HIV, desempenho bem superior ao dos anticorpos mais eficientes encontrados anteriormente, que bloqueavam a ação de 40% das cepas.

No segundo estudo uma equipe da qual participou o imunologista brasileiro Michel Nussenzweig, da Universidade Rockefeller, analisou a estrutura e as características moleculares do VRC01 e identificou a região do vírus a que esse anticorpo adere, impedindo o HIV de infectar as células humanas.

A análise dos estudos mostra que:

a) estamos caminhando para um novo tratamento mais eficaz que os atuais que envolvem drogas inibidoras de uma série de etapas da replicação do HIV.

b) a vacina já está praticamente pronta com capacidade de neutralizar mais de 90% das variedades do HIV existentes.

c) a cura da Aids está muito próxima, pois com a descoberta dos anticorpos mais efetivos os vírus seriam atacados mesmo que no interior da célula hospedeira.

d) a obtenção de uma vacina seria viável pois o anticorpo VRC01 funcionaria como um bloqueador da entrada do vírus na célula.

e) A possível vacina apresentaria características terapêuticas pois os anticorpos foram isolados de pacientes HIV positivos.

GABARITO.

QUESTÃO 03
Novo antibiótico promete evitar resistência à tratamento:

Um antibiótico capaz de vencer patógenos resistentes a drogas foi descoberto por meio de uma bactéria de solo encontrada logo abaixo da superfície de um campo gramado no estado americano de Maine.

Embora o novo fármaco ainda não tenha sido testado em pessoas, há sinais de que organismos causadores de doenças serão lentos para desenvolver resistência a ele.

Uma equipe liderada por Kim Lewis, da Northeastern University em Boston, Massachusetts, relatou na revista Fature que o antibiótico, ao qual deram o nome teixobactina, era ativo contra a fatal bactéria MRSA (sigla, em inglês, para Staphylococcus aureus resistente a meticilina) em camundongos, e contra uma série de outros patógenos em culturas celulares.

Se o composto se comportar de forma similar em pessoas, ele pode revelar-se um triunfo muito necessário na guerra contra a resistência antibiótica.

FASA 2019: O novo antibiótico promete ser promissor no tratamento contra algumas doenças bacterianas pois:

a) muitos antibióticos atuais não conseguem combater infecções bacterianas em função de gerarem bactérias cada vez mais resistentes.

b) poderia ser capaz de impedir a resistência da Staphylococcus aureus e de uma série de outros patógenos em culturas celulares.

c) as bactérias teriam dificuldade em desenvolver resistência a ele, mostrando-se então eficiente no combate a algumas bacterioses.

d) o antibiótico impede a resistência de muitas bactérias, o que seria uma grande vantagem comparada aos antibióticos atuais.

e) ele atuaria na reprodução bacteriana, impedindo a ocorrência de mutações no DNA que poderiam levar à resistência bacteriana.

GABARITO.

QUESTÃO 04
FASA 2019: O esquema abaixo e a figura ao lado mostram o processo de fermentação alcoólica e a produção de pão.

O esquema abaixo e a figura ao lado mostram o processo de fermentação alcoólica e a produção de pão

Sabe-se que o processo de fermentação alcoólica é feito por leveduras unicelulares. A respeito do processo e dos microrganismos envolvidos nele pode-se afirmar que:

a) trata-se de um processo anaeróbio de obtenção de energia feito pelas leveduras pertencentes ao reino dos fungos.

b) o processo de fermentação é uma etapa da respiração celular feita pelos microrganismos do reino fungi.

c) o produto final, o etanol, não é produzido durante a fabricação de pães, mas durante a fabricação de bebidas alcoólicas pelos fungos.

d) trata-se de um processo de degradação total da glicose por todos os fungos, onde são formados 38 ATPs de saldo positivo.

e) trata-se de um processo realizado por um grupo específico de fungos, que tem como objetivo principal a fabricação do pão.

GABARITO.

QUESTÃO 05
FASA 2019: Conceito biológico de espécie:

Espécies são grupos de populações naturais que podem cruzar entre si e que são reprodutivamente isoladas de outros grupos. Assim, uma nova espécie deve adquirir isolamento reprodutivo como resultado de um processo de especiação; também deve adquirir um novo, estabilizado e integrado genótipo, que a possibilitará adquirir, na maioria dos casos, também um nicho espécie-específico.

A compatibilidade de genótipos de parceiros co-específicos – documentada pela produção de novos genótipos viáveis na sua prole – indica que a população dessa espécie tem o tipo de “harmonia interna” que se esperaria encontrar em partes de um sistema único.

Considerando o conceito de espécie descrito acima:

a) a mula, cria do cruzamento do jumento (Equus asinus) com a égua (Equus caballus), pertence à espécie Equus caballus que a gerou.

b) os liquens são seres vivos que teríamos dificuldades em aplicar o conceito de espécie, pois são associações entre dois seres vivos (mutualismo).

c) animais gerados a partir de indivíduos de espécies diferentes são chamados híbridos e serão capazes de reproduzir somente entre eles.

d) as bactérias que fazem reprodução assexuada, como o bacilo de Koch, se enquadram no conceito de espécie descrito acima.

e) os seres vivos que são capazes de gerar descendentes, independente da fertilidade da sua prole, podem ser considerados como sendo da mesma espécie.

GABARITO.

QUESTÃO 06
Acredita-se que os vegetais surgiram nos oceanos a partir de um grupo de primitivas algas verdes e que conquistaram o ambiente terrestre há cerca de 500 milhões de anos.

Em terra, tiveram vantagem de um local praticamente sem competidores, além de maior quantidade de luz e gases disponíveis. Entretanto, a conquista da terra também trouxe dificuldades: Como obter água? Como se reproduzir? Essas dificuldades, aos poucos foram sendo superadas com o desenvolvimento de adaptações fundamentais.

FASA 2019: Com relação ao transporte de água e reprodução nos vegetais, pode-se afirmar que:

a) as briófitas não apresentam vasos condutores de seiva e não depende da água para a fecundação.

b) as pteridófitas são as primeiras plantas vasculares e independem da água para a fecundação.

c) as gimnospermas apresentam vasos condutores de seiva e independem da água para a fecundação.

d) as angiospermas não apresentam vasos condutores de seiva e dependem da água para a fecundação.

e) as algas são as primeiras plantas vasculares e dependem da água para a fecundação.

GABARITO.

QUESTÃO 07
Nutrição no Futebol:

Nutrição é o processo de assimilação dos alimentos a fim de obter os carboidratos, lipídios, proteínas, sais minerais e vitaminas necessários para manter o crescimento e a saúde do nosso corpo. Nos últimos anos a nutrição tem sido alvo de crescente interesse por partes dos atletas e praticantes de atividades físicas, cada vez mais conscientes dos seus benefícios.

As necessidades energéticas de jogadores de futebol dependem da função tática do jogador na equipe, da distância percorrida e do estilo de jogo. O treinamento regular exige demandas nutricionais extras e o gasto energético é aumentado na proporção em que o exercício é realizado.

Assim, a maior contribuição da nutrição para o futebol, é sua sustentação nos treinos, e não apenas em refeições pré-jogos, o que vem mostrar que é um trabalho que deve ser desenvolvido ao longo de toda uma temporada.

FASA 2019: A respeito da nutrição energética dos jogadores de futebol podemos afirmar:

a) os carboidratos e lipídios são as principais fontes de energia para os seres vivos, porém os lipídios não são recomendados pois por serem gorduras acumulam na parede das artérias provocando aterosclerose.

b) durante uma partida de futebol sempre ocorre depleção das reservas de carboidratos, em particular do glicogênio, o que provoca uma fadiga muscular diminuindo o rendimento do jogador.

c) os carboidratos são moléculas orgânicas formadas por carbono, hidrogênio e oxigênio. São as principais fontes de energia para os seres vivos, uma vez que a liberam durante o processo de oxidação.

d) o corpo armazena e sintetiza carboidratos no fígado e músculos, na forma de glicogênio, e no sangue, na forma de glicose.

e) os carboidratos são classificados em monossacarídeos, oligossacarídeos e polissacarídeos, todos eles apresentam somente função energética, diferentemente das proteínas que desempenham função estrutural, transportadora, de defesa, dentre outras.

GABARITO.

QUESTÃO 08
Síndrome de Down:

Identificada pela primeira vez pelo geneticista francês Jérôme Lejeune em 1985. O Dr. Lejeune dedicou sua vida à pesquisa genética visando melhorar a qualidade de vida dessa síndrome.

Crianças e jovens portadores da síndrome têm características físicas semelhantes e estão sujeitos a algumas doenças. Embora apresentem deficiências intelectuais e de aprendizado, são pessoas com personalidade única, que estabelecem boa comunicação e são sensíveis e interessantes. Quase sempre o “grau” de acometimento dos sintomas é inversamente proporcional ao estímulo dado a essas crianças durante a infância.

FASA 2019: Sobre a síndrome de Down marque a alternativa correta:

a) a síndrome é uma anomalia genética, onde os portadores apresentam erros nos cromossomos sexuais, sendo, portanto, estéreis.

b) o indivíduo portador apresenta três cromossomos a mais, totalizando 49 cromossomos, o que justifica as características da anomalia.

c) a síndrome é causada pela presença de um cromossomo 21 a mais nas células dos afetados, isto é, em vez de dois cromossomos 21, a pessoa possui três.

d) a síndrome é sempre causada em função de um erro na separação dos cromossomos durante a meiose materna.

e) o indivíduo, apresenta um cariótipo 47XX ou 47XY, caracterizando como uma herança genética restrita ao sexo.

GABARITO.

QUESTÃO 09
A flexibilidade sexual das fêmeas:

Várias espécies de lagartos exibem formas surpreendentes de se reproduzirem. As fêmeas geram filhotes de modo assexuado, sem a participação de qualquer macho. São independentes, mas não são radicais: em algumas espécies, se um macho passa por perto, permitem a cópula e podem ser fecundadas. A autonomia reprodutiva chega a tal ponto que em algumas espécies só existem fêmeas, que se reproduzem de um modo assexuado conhecido como partenogênese, que parece ser mais flexível do que se pensava.

FASA 2019: Diante do exposto acima e seus conhecimentos sobre reprodução a maior variabilidade genética pode ser observada:

a) na reprodução assexuada descrita, onde as fêmeas por partenogênese trocam gametas geneticamente diferentes.

b) no cruzamento entre fêmeas e machos, partenogênese, onde o gameta masculino fecunda o feminino.

c) na partenogênese, tipo de reprodução que as fêmeas geram filhotes sem a participação de qualquer macho.

d) na fecundação entre as duas fêmeas, pois seus gametas apresentam características genéticas diferentes.

e) na reprodução sexuada - fecundação, onde ocorre a mistura do material genético masculino e feminino.

GABARITO.

QUESTÃO 10
FASA 2019: A figura abaixo mostra o fenômeno do branqueamento dos corais:


O branqueamento acontece quando as microalgas simbiontes – chamadas zooxantelas, que dão cor ao tecido quase transparente do coral – são expulsas do cnidário, como mostra a figura anterior.

Uma possível causa do branqueamento dos corais é:

a) a competição entre algas zooxantelas e algas filamentosas pelos nutrientes produzidos pelo coral.

b) o aumento da temperatura que torna o coral branco, de maneira irreversível.

c) a morte das zooxantelas em função de um estresse térmico prolongado.

d) o aquecimento global, que seria responsável pela “expulsão” das zooxantelas.

e) a perda de habitat das zooxantelas em decorrência da morte dos corais.

GABARITO.

Comentários