40 Questões Relações Ecológicas com Gabarito e Resolução

40 Questões Relações Ecológicas com Gabarito e Resolução*

QUESTÃO 01
(Udesc) Em uma comunidade biológica os organismos interagem entre si nas chamadas relações ecológicas. Com respeito a estas interações, associe as colunas A e B.

A
(1) Colônias
(2) Inquilinismo
(3) Sociedades
(4) Mutualismo
(5) Protocooperação

B
( ) Abelhas e vespas
( ) Liquens
( ) Bromélias, orquídeas
( ) Corais
( ) Anêmonas do mar e caranguejo-eremita

Assinale a alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo.

A. ( ) 1 – 3 – 4 – 5 – 2
B. ( ) 4 – 3 – 2 – 5 – 1
C. ( ) 2 – 3 – 1 – 4 – 5
D. ( ) 3 – 4 – 2 – 1 – 5
E. ( ) 3 – 2 – 4 – 5 – 1

Resposta.

QUESTÃO 02
(UDESC) As orquídeas e a erva de passarinho são plantas que fazem fotossíntese e vivem sobre outras plantas. As orquídeas apenas se apóiam sobre as plantas, enquanto a erva de passarinho retira água e sais minerais das árvores em que vivem.

Assinale a alternativa correta quanto às relações da erva de passarinho e das orquídeas com as plantas hospedeiras, respectivamente.

A) amensalismo e parasitismo
B) parasitismo e epifitismo
C) parasitismo e predatismo
D) parasitismo e protocoperação
E) protocoperação e epifitismo

Resposta.

QUESTÃO 03
(UFMG) O fungo Penicillium, por causar apodrecimento de laranjas, acarreta prejuízos pós-colheita. Nesse caso, o controle biológico pode ser feito utilizando-se a levedura Saccharomycopsis, que mata esse fungo, após perfurar sua parede e absorverseus nutrientes. É CORRETO afirmar que esse tipo de interação é conhecido como:

A) comensalismo.
B) mutualismo.
C) parasitismo
D) predatismo.

Resposta.

QUESTÃO 04
(UFF) Populações de Aedes aegypti têm desenvolvido resistência aos inseticidas organofosforados. Desta forma, uma alternativa para o controle destes insetos vem sendo a utilização de inseticida microbiológico.

Nova arma contra a dengue
Bactéria é a matéria-prima de bioinseticidas que matam larvas do mosquito Aedes.

O inseticida aplicado em regiões epidêmicas por meio de vaporizadores, conhecido como fumacê, elimina apenas a forma adulta, mas não tem nenhuma eficácia para acabar com as larvas. Para controlar esses criadouros do mosquito pode-se utilizar um bioinseticida líquido que tem como principal componente o Bacillus thuringiensis israelensis. Essa bactéria, inimiga natural do Aedes, produz uma toxina que, ao ser ingerida pela larva, causa danos ao intestino do inseto, provocando sua morte.
(Revista Pesquisa Fapesp, Edição 85, 03/03).

Assinale a alternativa que classifica corretamente a relação ecológica entre a larva do mosquito e a bactéria Bacillus thuringiensis israelensis.

A) parasitismo
B) predatismo
C) inquilinismo
D) antibiose
E) mutualismo

Resposta.

QUESTÃO 05
(UNESP) Em um cupinzeiro, podem ser encontrados cupins com diferentes formas: operários, soldados, machos alados e fêmeas aladas.

Assinale a alternativa que melhor se relaciona com a existência dessas diferentes formas.

a) Esses animais não vivem em sociedade.
b) Esses animais disputam diferentes funções.
c) Esses animais possuem divisão de trabalho.
d) São necessários cuidados diferenciados com o alimento fungo.
e) As diferentes funções levam à necessidade de diferentes formas.

Resposta.

QUESTÃO 06
(UFPR) Associe os tipos de relação ecológica da coluna da direita com as situações apresentadas na coluna da esquerda.

1. Um pássaro que se alimenta de carrapatos que vivem sobre grandes mamíferos, como bois ou búfalos.
2. Uma epífita (por exemplo, uma orquídea) que cresce sobre uma grande árvore.
3. Uma rêmora (ou peixe-piloto) que vive em associação com um tubarão, sendo transportada por ele e aproveitando-se dos restos da alimentação do carnívoro.
4. Bactérias e protozoários que vivem no interior do intestino de cupins, onde digerem a celulose.

(   ) Inquilinismo.
(   ) Comensalismo.
(   ) Protocooperação (ou cooperação).
(   ) Mutualismo.

Assinale a alternativa que apresenta a numeração correta da coluna da direita, de cima para baixo.

A) 1 – 3 – 2 – 4.
B) 4 – 2 – 1 – 3.
C) 2 – 3 – 1 – 4.
D) 2 – 4 – 3 – 1.
E) 1 – 2 – 4 – 3.

Resposta.

QUESTÃO 07
(VUNESP) Considere os gráficos.
Após uma aula sobre relações ecológicas, um professor propôs aos seus alunos a identificação de três dessas relações interespecíficas. Espécies diferentes de seres vivos (A, B, C, D, E e F) estão relacionadas nos gráficos. Pode-se concluir que as relações I, II e III correspondem, respectivamente,

A) mutualismo, antibiose e competição.
B) inquilinismo, protocooperação e mutualismo.
C) comensalismo, antibiose e mutualismo.
D) antibiose, comensalismo e mutualismo.
E) parasitismo, predatismo e competição.

Resposta.

QUESTÃO 08
(UDESC) Os indivíduos de uma comunidade podem estabelecer relações harmônicas e desarmônicas entre indivíduos da mesma espécie, ou entre indivíduos de espécies diferentes. Essas relações ecológicas são denominadas relações intra-específicas e interespecíficas, podendo ser exemplificadas, respectivamente, por:

A) mutualismo e herbivorismo.
B) sociedade e parasitismo.
C) predatismo e colônia.
D) protocoperação e mutualismo.
E) colônia e sociedade.

Resposta.

QUESTÃO 09
(UniFor) Considere a frase abaixo. ‘O fungo Penicillium notatum produz penicilina, que impede a multiplicação de certas bactérias.’ Ela exemplifica um caso de

a) predatismo.
b) competição.
c) mutualismo.
d) amensalismo.
e) comensalismo.

Resposta.

QUESTÃO 10
Nem sempre as relações ecológicas provocam benefícios para todos os organismos envolvidos, sendo chamadas, nesse caso, de relações ecológicas desarmônicas. Entre os exemplos a seguir, marque a única alternativa em que está indicada uma relação intraespecífica desarmônica.

a) Colônia.
b) Sociedade.
c) Competição intraespecífica.
d) Herbivorismo.
e) Parasitismo.

Resposta.

QUESTÃO 11
As abelhas são animais que vivem em colmeias e apresentam divisão de trabalho e um certo grau de cooperação. Em uma colmeia, podemos identificar diferentes indivíduos: as rainhas, as operárias e os zangões.

Entre as alternativas a seguir, marque o nome da relação ecológica realizada pelas abelhas.

a) Colônia;
b) Sociedade.
c) Mutualismo.
d) Amensalismo.
e) Comensalismo.

Resposta.

QUESTÃO 12
A caravela-portuguesa, apesar de parecer apenas um único indivíduo, é formada por vários cnidários da mesma espécie. Cada um desses indivíduos está relacionado com uma determinada função, existindo aqueles relacionados com a reprodução, alimentação e proteção.

A caravela-portuguesa é um exemplo de qual relação ecológica?

a) Sociedade.
b) Colônia.
c) Comensalismo.
d) Amensalismo.
e) Competição.

Resposta.

QUESTÃO 13
Observe atentamente as relações ecológicas citadas a seguir e marque a alternativa que indica corretamente um exemplo de relação intraespecífica.

a) Predação de um inseto por um louva-a-deus.
b) A simbiose dos líquens.
c) Relação entre o caranguejo-paguro e as anêmonas-do-mar.
d) Piolhos e os homens.
e) Colônias de corais.

Resposta.

QUESTÃO 14
Frequentemente vemos no mundo animal espécies em que os machos brigam entre si para conseguir reproduzir-se com uma fêmea. Também é comum na época reprodutiva que os machos delimitem seu território, avisando para os outros que aquela área tem dono.

Esse fenômeno é um exemplo de:

a) mutualismo.
b) comensalismo.
c) competição.
d) sociedade.
e) colônia.

Resposta.

QUESTÃO 15
(UFJF) Os líquens são formados pela associação de algas e fungos. Essa associação é

a) o mutualismo.
b) o predatismo.
c) a sociedade.
d) o comensalismo.
e) a colônia.

Resposta.

QUESTÃO 16
(UFG) Relações Ecológicas:

Algumas plantas desenvolvem-se bem em terrenos ricos em bactérias do gênero Rhizobium, que se asso-ciam às suas raízes, formando nódulos macroscópicos. Determinados mamíferos herbívoros abrigam, em seu tubo digestório, bactérias que digerem a celulose, transformando-a em carboidratos aproveitáveis. As associações descritas são harmônicas, por meio das quais:

a) as espécies envolvidas são beneficiadas, estabelecendo uma interdependência fisiológica entre si.
b) um dos indivíduos é beneficiado, utilizando os restos alimentares do outro, e este não é prejudicado.
c) ambos são beneficiados, mas podem viver de modo independente, sem prejuízo para qualquer um deles.
d) uma das espécies é beneficiada, sendo abrigada pela espécie hospedeira, e esta não é prejudicada.
e) dois indivíduos da mesma espécie mostram-se fortemente ligados um ao outro, e não conseguem viver isoladamente.

Resposta.

QUESTÃO 17
(UPF) Relações Ecológicas:

O girino, ao se transformar em rã adulta, muda a sua dieta alimentar quando passa a comer insetos e, até mesmo, a própria borboleta. Esta relação entre rã e inseto é chamada de:

a) desarmônica e intraespecífica.
b) competição, pois os animais estão disputando o espaço e o alimento.
c) interação ecológica inter-específica, classificada como predação.
d) inter-específica, classifcada como comensalismo, pois o objetivo é o alimento.
e) protocooperação, pois a rã se beneficia e regula a população de insetos.

Resposta.

QUESTÃO 18
(UFRGS) Certos animais, como as cabras, que vivem em regiões montanhosas e com vegetação escassa, podem sobreviver, alimentando-se de restos de papel e papelão. O aproveitamento desses materiais é possível devido à existência de bactérias produtoras de enzimas que degradam a celulose, que vivem no tubo digestório desses animais. Este caso constitui um exemplo de associação…. entre seres vivos, conhecida como….

Qual a alternativa que completa corretamente as lacunas na afirmação apresentada?

a) desarmônica – parasitismo
b) harmônica – inquilinismo
c) harmônica – mutualismo
d) desarmônica – inquilinismo
e) desarmônica – predatismo

Resposta.

QUESTÃO 19
(Carlos Chagas) A associação existente entre os ruminantes e as bactérias que vivem em seu estômago é um caso de:

a) mutualismo.
b) parasitismo.
c) comensalismo.
d) competição interespecífica.
e) competição intraespecífica.

Resposta.

QUESTÃO 20
(ENEM) Os vaga-lumes machos e fêmeas emitem sinais luminosos para se atraírem para o acasalamento. O macho reconhece a fêmea de sua espécie e, atraído por ela, vai ao seu encontro. Porém, existe um tipo de vaga-lume, o Photuris, cuja fêmea engana e atrai os machos de outro tipo, o Photinus, fingindo ser desse gênero. Quando o macho Photinus se aproxima da fêmea Photuris, muito maior que ele, é atacado e devorado por ela.
BERTOLDI, O.G.; VASCONCELOS, J.R. Ciências & Sociedade: a aventura da vida, a aventura da tecnologia. São Paulo: Scipione, 2000 (adaptado). A relação descrita no texto, entre a fêmea do gênero Photuris e o macho do gênero Photinus, é um exemplo de 

a) comensalismo
b) inquilinismo
c) cooperação
d) predatismo
e) mutualismo

Resposta.


VEJA MAIS ATIVIDADES DE CIÊNCIAS 6º ANOS
Entendendo o conceito de Ecologia
A Teia Alimentar
Os Principais Biomas Terrestres
A Estrutura Interna da Terra
Recursos Naturais
O Solo e a Humanidade
Água – A Molécula da Vida
A Água e o Saneamento Básico
A Atmosfera
Prevendo o Tempo
O Ar e a Poluição Atmosférica
O Sistema Solar
Resíduos Sólidos e Seus Problemas Ambientais
- Relações Ecológicas

QUESTÃO 21
(UFPI-adaptada) - Dos tipos de relações ecológicas seguintes, o único que ocorre exclusivamente entre organismos da mesma espécie é:

a) Inquilinismo;
b) Herbivoria;
c) Mutualismo;
d) Sociedade;
e) Parasitismo.

Resposta.

QUESTÃO 22
(ENEM) Os vaga-lumes machos e fêmeas emitem sinais luminosos para se atraírem para o acasalamento. O macho reconhece a fêmea de sua espécie e, atraído por ela, vai ao seu encontro. Porém, existe um tipo de vaga-lume, o Photuris, cuja fêmea engana e atrai os machos de outro tipo, o Photinus fingindo ser desse gênero. Quando o macho Photinus se aproxima da fêmea Photuris, muito maior que ele, é atacado e devorado por ela.
BERTOLDI, O. G.; VASCONCELLOS, J. R. Ciência & sociedade: a aventura da vida, a aventura da tecnologia. São Paulo: Scipione, 2000 (adaptado).

A relação descrita no texto, entre a fêmea do gênero Photuris e o macho do gênero Photinus, é um exemplo de:

A) comensalismo.
B) inquilinismo
C) cooperação.
D) predatismo.
E) mutualismo.

Resposta.

QUESTÃO 23
(UFC-CE) As esponjas desempenham papéis importantes em muitos habitat marinhos. A natureza porosa das esponjas as torna uma habitação ideal para vários crustáceos, equinodermos e vermes marinhos. Além disso, alguns caramujos e crustáceos têm, tipicamente, esponjas grudadas em suas conchas e carapaças, tornando-os imperceptíveis aos predadores. Nesse caso, a esponja se beneficia por se nutrir de partículas de alimento liberadas durante a alimentação de seu hospedeiro. As relações ecológicas presentes no texto são

a) protocooperação e competição.
b) inquilinismo e protocooperação.
c) inquilinismo e parasitismo.
d) competição e predação.
e) parasitismo e predação.

Resposta.

QUESTÃO 24
(UECE) Em uma determinada relação entre seres vivos, um pequeno crustáceo devora a língua de um peixe e fica posicionado estrategicamente no lugar dela para comer a maior parte do alimento que o peixe põe na boca. Este tipo de relação pode ser caracterizado como:

a) Inquilinismo
b) Predatismo
c) Comensalismo
d) Parasitismo

Resposta.

QUESTÃO 25
(UFRGS) Considere as seguintes interações entre seres vivos de uma comunidade.

1 – As garças-vaqueiras que se alimentam de carrapatos ectoparasitas de búfalos.
2 – Algas e fungos que formam os liquens.
3 – Duas espécies de cracas que convivem em litorais rochosos e utilizam os mesmos recursos. Os casos referidos em 1, 2 e 3 são, respectivamente, exemplos de:

a) comensalismo, mutualismo e predatismo.
b) comensalismo, mutualismo e competição.
c) protocooperação, amensalismo e predatismo.
d) protocooperação, mutualismo e competição.
e) protocooperação, amensalismo e competição.

Resposta.

QUESTÃO 26
(FUVEST) A cobra-coral — Erythrolamprus aesculapii — tem hábito diurno, alimenta-se de outras cobras e é terrícola, ou seja, caça e se abriga no chão. A jararaca — Bothrops jararaca — tem hábito noturno, alimenta-se de mamíferos e é terrícola. Ambas ocorrem, no Brasil, na floresta pluvial costeira.

Essas serpentes:

A) disputam o mesmo nicho ecológico.
B) constituem uma população.
C) compartilham o mesmo hábitat.
D) realizam competição intraespecífica.
E) são comensais.

Resposta.

QUESTÃO 27
(Cesgranrio) Se duas espécies diferentes ocuparem num mesmo ecossistema o mesmo nicho ecológico, é provável que:

a) se estabeleça entre elas uma relação harmônica.
b) se estabeleça uma competição interespecífica.
c) se estabeleça uma competição intra-específica.
d) uma das espécies seja produtora e a outra consumidora.
e) uma das espécies ocupe um nível trófico elevado.

Resposta.

QUESTÃO 28
Os líquens são formados pela associação de certas espécies de algas e um fungo. Ambas as espécies são beneficiadas nessa relação, sendo que uma espécie não é capaz de viver isoladamente naquele local. Nesse caso, há uma relação chamada de:

a) Comensalismo.
b) Inquilinismo.
c) Mutualismo.
d) Protocooperação.

Resposta.

QUESTÃO 29
(UFRGS) Considere as seguintes afirmações sobre as interações intraespecíficas desarmônicas.

I - O canibalismo sexual observado em fêmeas de louva-a-deus é um exemplo desse tipo de interação.
II - Esse tipo de interação não ocorre em plantas.
III - A disputa por fêmeas entre machos de uma espécie exemplifica esse tipo de interação. Quais estão corretas?

(A) Apenas I.
(B) Apenas II.
(C) Apenas I e III.
(D) Apenas II e III.
(E) I, II e III.

Resposta.

QUESTÃO 30
(FATEC) Abelhas apresentam três castas sociais: as operárias, fêmeas estéreis que realizam o trabalho da colmeia, a rainha e o zangão, encarregados da reprodução. Esta divisão de trabalho caracteriza

a) sociedade isomorfa com relações intra-específicas harmônicas.
b) sociedade heteromorfa com relações intra-específicas harmônicas.
c) colônia heteromorfa com relações inter-específicas harmônicas.
d) colônia isomorfa com relações inter-específicas harmônicas.
e) colônia heteromorfa com relações intra-específicas harmônicas.

Resposta.

QUESTÃO 31
(UFRGS) Relações Ecológicas:

A rêmora, ou peixe-piolho, fixa-se no corpo do tubarão, deslocando-se com ele e aproveitando os restos de suas presas. Esse é um exemplo típico de:

a) predatismo.
b) comensalismo.
c) mutualismo.
d) parasitismo.
e) mixotrofismo.

Resposta.

QUESTÃO 32
(Fuvest) O tipo de relação ecológica que se estabelece entre as flores e as abelhas que nelas coletam pólen e néctar é:

a) comensalismo.
b) competição.
c) herbivorismo.
d) mutualismo.
e) parasitismo.

Resposta.

QUESTÃO 33
(Uespi) Relações Ecológicas:

Na natureza, as hienas acompanham a distância os leões e alimentam-se dos restos da caça desses predadores. Por isso, no filme O Rei Leão, de Walt Disney, as hienas são chamadas de “carniceiras”. Esse é um exemplo de relação ecológica denominada:

a) amensalismo.
b) protocooperação.
c) mutualismo.
d) comensalismo.
e) competição interespecífica.

Resposta.

QUESTÃO 34
(UEL) As mamangavas são insetos que se alimentam do néctar de flores de maracujá. Ao visitar uma flor, a mamangava esbarra na estrutura masculina responsável pela produção de grãos de pólen, que ficam presos ao seu corpo. Ao visitar outra flor, os grãos de pólen podem se soltar do corpo, cair sobre a estrutura feminina e fecundar os seus óvulos. Como se classifica o tipo de interação existente entre a mamangava e o maracujá, cujas flores lhe fornecem alimento?

a) Comensalismo
b) Predatismo
c) Mutualismo
d) Parasitismo
e) Inquilinismo

Resposta.

QUESTÃO 35
(Mackenzie) Relações Ecológicas:

Certos fungos se desenvolvem nas raízes de certas plantas, formando uma associação denominada micorriza. Sobre essa associação, é correto afirmar que é um tipo de:

a) parasitismo, pois o fungo prejudica a planta hospedeira.
b) comensalismo, pois o fungo é beneficiado e a planta não é prejudicada.
c) mutualismo, pois tanto o fungo quanto a planta são beneficiados.
d) epifitismo, pois o fungo só se desenvolve na raiz da planta para conseguir absorver melhor os nutrientes do solo.
e) predatismo, pois o fungo mata a planta ao sugar-lhe a seiva orgânica.

Resposta.

QUESTÃO 36
A dispersão de sementes é essencial para a sobrevivência de uma planta, uma vez que a grande quantidade de sementes próximas à planta-mãe diminui a chance de sobrevivência. Ao separar as sementes por uma área maior, cada uma terá acesso a uma quantidade maior de recursos, evitando assim:

a) a competição.
b) o parasitismo.
c) o inquilinismo.
d) a predação.

Resposta.

QUESTÃO 37
Quando temos organismos da mesma espécie que trabalham unidos para o bem do grupo, temos um tipo de relação intraespecífica harmônica. Os agrupamentos que se caracterizam por possuírem divisão de trabalho, sistema de classes e indivíduos que apresentam relativa independência e mobilidade recebem o nome de:

a) colônia.
b) sociedade.
c) mutualismo.
d) protocooperação.

Resposta.

ATIVIDADES DE CIÊNCIAS 7º ANOS

Seres Vivos
O Surgimento da Vida
A Evolução dos Seres Vivos
Classificação dos Seres Vivos
Os Vírus
Reino das Moneras: as Bactérias e as Arqueas
Reino dos Protoctistas: Protozoários e Algas
Reino dos Fungos
Os Poríferos e Cnidários
Os Platelmintos e os Nematelmintos
Os Artrópodes
Os Equinodermos
Os Peixes
Os Anfíbios
Os Répteis
As Aves
Os Mamíferos
Plantas sem Sementes: Briófitas e Pteridófitas
Plantas com Sementes: Gimnospermas e Angiospermas

QUESTÃO 38
(Unama) Os casos locais de raiva humana no Pará ocorrem, basicamente, por transmissão de morcegos hematófagos, os quais transmitem os agentes causadores da doença ao homem. A situação que existe entre os referidos seres e o homem é um típico exemplo de relação

a) interespecífica do tipo predatismo.
b) interespecífica do tipo parasitismo.
c) intraespecífica do tipo canibalismo.
d) intraespecífica do tipo competição.

Resposta.

QUESTÃO 39
(UFR) Relações Ecológicas:

O “espírito de união” entre as formigas é identificado como uma relação harmônica denominada:

a) sociedade.
b) mutualismo.
c) protocooperação.
d) colônia.
e) comensalismo.

Resposta.

QUESTÃO 40
Algumas relações ecológicas causam benefício para apenas uma espécie, não prejudicando nem beneficiando a outra. Um exemplo clássico ocorre entre a rêmora e o tubarão. Nesse caso, a rêmora prende-se ao corpo do tubarão e alimenta-se dos restos de suas presas.

Marque a alternativa que indica corretamente o nome dessa relação ecológica.

a) Inquilinismo.
b) Mutualismo.
c) Amensalismo.
d) Comensalismo.

Resposta.

QUESTÃO 41
Sabemos que o mutualismo ocorre quando seres de espécies diferentes mantêm relações em que ambos são beneficiados. Marque a alternativa que indica organismos que estabelecem uma interação mutualística.

a) Fungos e algas.
b)Tubarão e rêmoras.
c) Piolho e ser humano.
d) Bromélias e árvores.
e) Leões e zebras.

Resposta.

QUESTÃO 42
A rêmora é um peixe que estabelece uma relação bastante íntima com o tubarão, fixando-se em seu corpo e alimentando-se dos restos de alimentos que não foram digeridos pelo temido peixe. Essa relação é chamada de:

a) Inquilinismo.
b) Competição.
c) Predação.
d) Mutualismo.
e) Comensalismo.

Resposta.

QUESTÃO 43
(Cesgranrio) Se duas espécies diferentes ocuparem num mesmo ecossistema o mesmo nicho ecológico, é provável que:

a) se estabeleça entre elas uma relação harmônica.
b) se estabeleça uma competição interespecífica.
c) se estabeleça uma competição intraespecífica.
d) uma das espécies seja produtora e a outra, consumidora.
e) uma das espécies ocupe um nível trófico elevado.

Resposta.

QUESTÃO 44
(PUCCAMP) Considere as afirmações abaixo relativas a fatores de crescimento populacional.

I. A competição intraespecífica interfere na densidade da população.
II. A competição interespecífica não influi no crescimento das populações.
III. Um dos fatores limitantes do crescimento populacional é a disponibilidade de alimentos, que diminui quando a densidade da população aumenta.
IV. Fatores climáticos influem no crescimento da população independentemente de sua densidade.

São verdadeiras apenas:

a) I e II.
b) I e IV.
c) II e III.
d) I, III e IV.
e) II, III e IV.

Resposta.

*apenas algumas questões apresentam resoluções e todas estão com seus gabaritos oficiais.

Comentários