Questões de Sociologia UNICENTRO 2019 com Gabarito

questoes-de-sociologia-unicentro-2019-com-gabarito
Questões de Sociologia UNICENTRO 2019 com Gabarito

Questões de:
Português
Literatura
Inglês
Espanhol
Biologia
Filosofia
Física
Geografia
História
Matemática
Química
Sociologia

SOCIOLOGIA

QUESTÃO 01
(UNICENTRO 2019) A doutrina de Auguste Comte (1798-1857), que buscava leis universais para os fenômenos sociais, é denominada

a) Fenomenologia.
b) Positivismo.
c) Psicologia.
d) Marxismo.
e) Sociologismo.

GABARITO.

QUESTÃO 02
(UNICENTRO 2019) Para Max Weber (1864-1920), “Deve entender-se por sociologia uma ciência que pretende entender pela interpretação a ação social para desta maneira explicá-la casualmente no seu desenvolvimento e nos seus efeitos.”
parte 2. 2 ed. São Paulo: Cortez, 1995, p. 400.

Marque a alternativa correta a respeito da sociologia weberiana.

a) Buscava leis universais e era tributária do pensamento de Auguste Comte.

b) É uma sociologia filiada a uma corrente marxista-leninista de pensamento social.

c) Não apresenta reflexões para além do método sociológico de Emilie Durkheim.

d) É uma metodologia para as ciências sociais, que ficou conhecida como sociologia compreensiva.

e) As principais obras do autor foram escritas após os traumas deixados pela II Guerra Mundial no continente europeu.

GABARITO.

QUESTÃO 03
(UNICENTRO 2019) Sobre as contribuições de Karl Marx (1818-1883) para o pensamento sociológico, é correto afirmar que

a) entre as contribuições, destaca-se o conceito de luta de classes, na medida em que esse lança luz sobre as contradições existentes nas relações sociais e sua relevância nos processos históricos.

b) a defesa do livre mercado foi essencial no pensamento socioeconômico desse autor.

c) o conceito de ideologia, entendida como a consciência de classe verdadeira, foi sua principal contribuição.

d) destaca-se o pensamento pacifista desse autor e sua defesa incondicional das reformas sociais para a melhoria das condições de vida dos trabalhadores.

e) o conceito de fato social, construído por Marx, foi importante para a definição do objeto da pesquisa sociológica.

GABARITO.

QUESTÃO 04
(UNICENTRO 2019) Emile Durkheim (1858-1917) definiu duas morfologias diferentes para as formas de solidariedade nas sociedades. Assinale a alternativa correta.

a) Solidariedade espiritual e solidariedade laica.
b) Solidariedade moderna e solidariedade tradicional.
c) Solidariedade liberal e solidariedade totalitária.
d) Solidariedade e individualismo.
e) Solidariedade mecânica e solidariedade orgânica.

GABARITO.

QUESTÃO 05
(UNICENTRO 2019) No Brasil, segundo o IBGE, entre os anos 2001 e 2011, o nível de emprego formal cresceu em todas as regiões do país e em vários setores. São características do emprego formal:

a) A jornada de trabalho flexível e a informalidade das atividades.
b) O trabalho autônomo e a falta de oferta de vagas de emprego.
c) O registro em carteira de trabalho e a contribuição para um sistema de seguridade social.
d) O desemprego e a ociosidade involuntária.
e) O trabalho compulsório e a inexistência de um sistema de seguridade social.

GABARITO.

QUESTÃO 06
(UNICENTRO 2019) O desemprego provocado pelo surgimento de novos processos produtivos e tecnologias é denominado

a) conjuntural.
b) estrutural.
c) sazonal.
d) informal.
e) formal.

GABARITO.

QUESTÃO 07
“O sujeito previamente vivido como tendo uma identidade unificada e estável está se tornando fragmentado, composto não de uma única, mas de várias identidades, algumas vezes contraditórias, ou não resolvidas.”
HALL, Stuart. Identidades culturais na Pós-modernidade.
Rio de Janeiro: DP&A, 1997, p.12-13.

(UNICENTRO 2019) Sobre a identidade cultural na sociedade contemporânea é correto afirmar.

a) As velhas identidades que estabilizavam o mundo social entraram em declínio, fazendo surgir novas identidades e fragmentando o indivíduo moderno.

b) A identidade cultural é estável no mundo social e suas perspectivas de ação imutáveis.

c) A solidariedade mecânica fornece uma identidade segura para a sociedade capitalista e a divisão do trabalho urbano constrói vínculos pessoais e afetivos.

d) A identidade é formada somente pela biologia humana, sendo natural e independente das influências históricas, sociais e culturais.

e) Na sociedade contemporânea, as identidades culturais apresentam-se estabilizadas e os sujeitos definidos pela divisão do trabalho.

GABARITO.

QUESTÃO 08
(UNICENTRO 2019) Sobre as mutações ocorridas no mundo do trabalho na sociedade ocidental nas últimas três décadas, é correto afirmar:

a) Houve aumento da oferta de empregos formais, da seguridade social e da solidariedade entre os seres humanos.

b) O desemprego estrutural apresentou declínio mediante a desaceleração das transformações tecnológicas.

c) O consumo consciente e a produção sustentável tornaram-se a forma dominante nas relações econômicas, ocasionando a recuperação dos recursos naturais e a melhoria das condições de vida dos seres humanos.

d) O individualismo e o consumismo arrefeceram, dando espaço para a criação de uma nova lógica para as relações de trabalho.

e) O desemprego estrutural, a precarização das condições de trabalho, a degradação da natureza e uma lógica societal embasada no consumo de mercadorias são suas características principais.

GABARITO.

QUESTÃO 09
(UNICENTRO 2019) O conceito de Theodor Adorno (1903-1969), que define a forma da produção cultural na sociedade capitalista e sua capacidade de transformar seres humanos em meros consumidores de seus produtos, é denominado

a) Marketing direto.
b) Publicidade e propaganda.
c) Cultura de massa.
d) Indústria cultural.
e) Conhecimento tecnológico.

GABARITO.

QUESTÃO 10
(UNICENTRO 2019) O Estado de Bem-Estar Social ou welfare state, implantado em várias partes do mundo, mas, principalmente na Europa, após a II Guerra Mundial, pressupõe que

a) o livre mercado, o individualismo e a meritocracia são direitos naturais devendo o Estado garanti-los, porém não interferindo em sua auto-regulamentação.

b) haja o fim da propriedade privada, a constituição de uma igualdade universal e a proibição da livre iniciativa.

c) a propriedade privada é um direito humano inalienável e requisito para o exercício da cidadania e do direito à rebelião contra governos ilegítimos.

d) a educação, a assistência médica, o emprego, a renda mínima, a moradia e a liberdade de expressão são direitos de todos os cidadãos e devem ser garantidos pelo Estado.

e) o Estado deve controlar todo o corpo social, tanto na esfera pública quanto na privada, sem espaço para as liberdades individuais e oposição de ideias.

GABARITO.

QUESTÃO 11
Em 2002, José Murilo de Carvalho escrevia sobre o Brasil: “Como a experiência de governo democrático tem sido curta e os problemas sociais têm persistido e mesmo se agravado, cresce também a impaciência popular com o funcionamento geralmente mais lento do mecanismo democrático de decisão. Daí a busca de soluções rápidas por meio de lideranças carismáticas e messiânicas.”
CARVALHO, José Murilo. Cidadania no Brasil: o longo caminho.
Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002, p.222.

(UNICENTRO 2019) São exemplos de liderança carismáticas e messiânicas os ex-presidentes:

a) Washington Luís, Júlio Prestes e Café Filho.
b) Prudente de Moraes, Eurico Gaspar Dutra, José Sarney.
c) Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.
d) Venceslau Brás, Nereu Ramos e Itamar Franco.
e) Getúlio Vargas, Jânio Quadros e Fernando Collor.

GABARITO.

QUESTÃO 12
(UNICENTRO 2019) Acerca da noção de cultura nas Ciências Sociais, é correto afirmar que,

a) nas Ciências Sociais, a noção de cultura é usada apenas associada a alguma habilidade, por exemplo, cultura das letras, cultura das artes.

b) nas Ciências Sociais, a noção de cultura não é considerada um instrumento adequado para a investigação das diferenças entre os grupos humanos.

c) nas Ciências Sociais, de maneira geral, a noção de cultura envolve sistemas de pensamento e modos de vida. Ela é utilizada para investigar as maneiras como os seres humanos se adaptam ao meio ambiente e as formas pelas quais eles adaptam o meio às suas necessidades e interesses.

d) para se entender a cultura de um povo, deve-se levar em conta somente os aspectos raciais e religiosos.

e) considerando que o conceito de raça é o melhor instrumento de análise para entender as diferenças entre os povos, o conceito de cultura é utilizado nas Ciências Sociais apenas para o estudo do folclore dos povos primitivos.

GABARITO.

QUESTÃO 13
"No início deste novo milênio, o maior desafio da sociedade brasileira é enfrentar uma herança de injustiça social que exclui grande parte da sua população do acesso às condições mínimas de dignidade e cidadania".
CARVALHO, Inaiá Maria M. de. Inclusão Social, Pobreza e Cidadania.
In: RUBIM, Antônio Albino C. (Org.). Cultura e Atualidade. Salvador: EDUFA, 2005, p.3.

(UNICENTRO 2019) Sobre o desenvolvimento econômico e a cidadania no Brasil, no início do século XXI, é correto afirmar:

a) O Brasil, embora possua uma estrutura produtiva complexa e diversificada, não conseguiu atingir os Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) de países como a Noruega e a Austrália, estando abaixo de outros países da América Latina, como Uruguai e Cuba, no ranking global dessa avaliação de desenvolvimento das nações, no ano de 2015.

b) No início do século XXI, o Brasil erradicou totalmente a pobreza por meio de reformas estruturais, entre as quais destacam-se a reforma agrária pacífica e o desenvolvimento do agronegócio como fatores de distribuição de renda.

c) Atualmente, o Brasil encontra-se em uma fase de crescimento econômico e desenvolvimento humano amparado no controle do déficit público promovido pelos governos Dilma Rousseff e Michel Temer.

d) Os grandes investimentos em saneamento básico, educação e saúde, promoveram uma elevação do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) no Brasil no início do século XXI. O país encontra-se agora no 6º lugar desse ranking global, sendo o melhor colocado entre os países da América Latina.

e) O Brasil caracteriza-se por ser um país que promove a igualdade de condições entre os seus cidadãos, não sendo a injustiça social um problema a ser combatido, na medida em que todos os seus habitantes – nacionais e estrangeiros – possuem condições dignas de vida.

GABARITO.

QUESTÃO 14
“Movimentos sociais são ações sociopolíticas construídas por atores sociais coletivos pertencentes a diferentes classes e camadas sociais, articuladas em certos cenários da conjuntura socioeconômica e política de um país, criando um campo político de força social na sociedade civil. As ações se estruturam a partir de repertórios criados sobre temas e problemas em conflitos, litígios e disputas vivenciados pelo grupo na sociedade.”
GOHN, M.G. Teoria dos Movimentos Sociais. São Paulo: Loyola, 1997.
Apud TASCNHER, Gisela. Cultura do consumo, cidadania e movimentos sociais.
In: Ciências Sociais Unisinos 46(1):47-52, janeiro/abril 2010, p. 49.

(UNICENTRO 2019) Acerca dos movimentos sociais, é correto afirmar que, no Brasil,

a) os movimentos sociais foram substituídos pelos partidos políticos que, a partir de 2004, passaram a monopolizar as demandas de movimentos como o MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra).

b) o único movimento social revolucionário ainda atuante é o MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra).

c) o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), especialmente em São Paulo, não pode ser caracterizado como um movimento social, pois visa apenas à obtenção de moradia para os seus membros.

d) os movimentos sociais caracterizam-se pela abrangência das causas defendidas por diferentes atores sociais coletivos.

e) os movimentos sociais são ações sociopolíticas constituídas por atores sociais coletivos pertencentes unicamente à classe dos trabalhadores rurais sem terra e ao movimento dos sem teto.

GABARITO.

QUESTÃO 15
"As sociedades humanas, com uma notável monotonia, sobrevalorizam a diferenciação biológica, atribuindo aos dois sexos funções diferentes (divididas, separadas e geralmente hierarquizadas) no corpo social como um todo. Elas lhe aplicam uma "gramática": um gênero (um tipo social) "feminino" é culturalmente imposto à fêmea para que se torne uma mulher social, e um gênero "masculino" ao macho, para que se torne um homem social".
MATHIEU, Nicole-Claude. Sexo e Gênero. In: HIRATA, Helena et al. (org.)
Dicionário Crítico do Feminismo. São Paulo: UNESP, 2009, p. 223.

(UNICENTRO 2019) Sobre a questão de gênero é correto afirmar que

a) nas ciências sociais, a questão da construção social das diferenças entre os sexos não se constitui um tema de pesquisa, pois se trata de uma questão puramente biológica.

b) a construção da diferença de gênero está diretamente relacionada à manutenção de relações desiguais e hierarquizadas na sociedade, envolvendo a divisão sócio sexual do trabalho, da procriação, do cuidado dos filhos, entre outras.

c) nos estudos sobre gênero, desenvolvidos pelas ciências sociais, não foram aferidas construções hierárquicas a partir das diferenças sexuais.

d) nas ciências sociais, o debate das categorias de gênero e sexo não envolvem a feminização da linguagem e nem as relações hierárquicas estabelecidas entre homens e mulheres.

e) as demandas acerca da legalização da união entre pessoas do mesmo sexo, sob a forma de casamento, não fazem parte das reivindicações de movimentos sociais que questionam a naturalização das diferenças baseadas no sexo.

Comentários