Atividade sobre A Crise de 1929 (História 9º ano) com Gabarito

atividade-sobre-crise-de-1929-historia-9-ano-com-gabarito
Atividade sobre A Crise de 1929 (História 9º ano) com Gabarito

QUESTÃO 01
(Mackenzie) Ante a grande depressão de 1929, o economista John M. Keunes defendia do déficit público com uma forma de enfrentar a recessão. Nos Estados Unidos, o Presidente Franklin Roosevelt, a partir de 1930, financiou obras públicas a fim de diminuir o desemprego. A partir desse período, as mudanças na política econômica propiciaram:

A) A oposição do governo norte-americano ao desenvolvimento do intervencionismo na economia.
B) A intervenção do Estado na economia, como estratégia de ampliação do mercado de trabalho.
C) A consolidação dos grupos econômicos que impediam a intervenção estatal.
D) O fechamento do comércio europeu ao capital norte-americano.
E) A livre aplicação do capital pela iniciativa privada.

RESPOSTA.

QUESTÃO 02
(Fuvest) "A crise atingiu o mundo inteiro. O operário metalúrgico de Pittsburgo, o plantador de café brasileiro, o artesão de Paris e o banqueiro de Londres, todos foram atingidos."
(Paul Raynaud. La France a Sauvé L'europe, T. I. Flamarion.)

O autor se refere à crise mundial de 1929, iniciada nos Estados Unidos, da qual resultou:

A) O abalo do liberalismo econômico e a tendência para a prática da intervenção do Estado na economia.

B) O aumento do número das sociedades acionárias e da especulação financeira.

C) A expansão do sistema de crédito e do financiamento ao consumidor.

D) A imediata valorização dos preços da produção industrial e o fim da acumulação de estoques.

E) O o crescimento acelerado das atividades de empresas industriais e comerciais e o pleno emprego.

RESPOSTA.

QUESTÃO 03
(PUC-PR) A crise da Bolsa de Nova York, em 1929-1930, refletiu-se nos Estados Unidos e em todo o mundo, com exceção dos países componentes da URSS. No Brasil, a consequência política foi o(a):

A) Revolução de 1930, que derrubou a República Oligárquica.
B) Início da "Política do Café-com-Leite".
C) Surgimento do Movimento Tenentista.
D) Formação da Política dos Governadores.
E) Revolta dos posseiros do Contestado.

RESPOSTA.

QUESTÃO 04
(UEL) O crack da Bolsa de Valores de Nova Iorque, em 1929, provocou falência de centenas de indústrias, de bancos, de companhias de comércio e de transportes e um desemprego em massa, que chegou a alcançar cerca de 15 milhões de trabalhadores nos Estados Unidos. No plano internacional, é correto afirmar que essa crise financeira:

A) Não afetou o desenvolvimento das economias dos países europeus.
B) Contribuiu para ampliar a comercialização de matérias-primas dos países subdesenvolvidos.
C) Não teve desdobramentos, já que era um fenômeno restrito aos Estados Unidos.
D) Provocou graves consequências para os países que exportavam para os Estados Unidos.
E) Teve repercussões apenas noas países que perderam a Primeira Guerra Mundial.

RESPOSTA.

QUESTÃO 05
(CFT-PR) No período chamado de Entre Guerras, um acontecimento norte-americano alcançou repercussão mundial. Trata-se da Quebra da Bolsa de Valores de Nova Iorque, em outubro de 1929. Foram causas dessa crise econômica:

A) Intervenção do Estado na economia, contrariando o ideal do liberalismo, profundamente arraigado na cultura norte-americana.

B) Retomada da produção europeia, aumento do preço do petróleo no mercado internacional e redução do consumo interno.

C) Explosão do consumo, aumento das taxas de juros e uma sequência de nacionalizações de empresas estrangeiras.

D) Aumento das exportações e dos preços dos produtos, sem que houvesse um aumento de produção de matérias-primas.

E) Superprodução agrícola e industrial, diminuição nos níveis de exportação e queda nos preços no mercado interno.

RESPOSTA.

MAIS ATIVIDADES DE HISTÓRIA DO 9º ANO:

- A Primeira República (1889-1930)
- As Revoltas na Primeira República
- A Primeira Guerra Mundial
- As Revoluções Russas
- A Revolução Mexicana
- A Crise de 1929
- As Ideias Fascistas
- Artes e Ciências do Século XX
- O Varguismo
- A Segunda Guerra Mundial
- O Mundo Dividido: Guerra Fria
- A Independência da África e da Ásia
- A República Populista
- Os anos 1960: agitação e protestos.
- O Mundo Capitalista da Década de 1970
- As Revoluções na América Latina
- Os Governos Civis-militares
- A Derrocada do Comunismo
- O Neoliberalismo e a Globalização
- Nova República

QUESTÃO 06
(UFPE) Sobre a crise econômica de 1929 e sua relação com o liberalismo, assinale a alternativa correta.

A) A crise de 1929 foi provocada, sobretudo, pelo auto grau de desenvolvimento tecnológico, combinado à política liberal com base na ociosidade de capitais europeus do pós-guerra.

B) Baseados em uma política liberal, os empresários norte-americanos mantiveram o ritmo de produção que vinha sendo adotado durante a Primeira Guerra, e o mercado internacional não respondeu às ofertas.

C) Para enfrentar a crise econômica de 1929, foi adotada a política liberal de empréstimos através da qual os países europeus mais ricos passaram a dar crédito aos Estados Unidos.

D) Com a crise de 1929, a política econômica liberal passou a ser desacreditada pelos empresários norte-americanos, que passaram a apoiar uma política estatal intervencionista.

E) A política liberal adotada no período do pós-guerra dos EUA proibiu os empresários a juros e as especulações com ações, numa tentativa de frear a crise econômica, então já prevista.

RESPOSTA.

QUESTÃO 07
(Fuvest) Da Grande Depressão, ocorrida no mundo capitalista como a crise econômica de 1929, resultou:

A) O desemprego, o reforço do liberalismo e a modernização do setor industrial.

B) A arte expressionista, um avanço dos movimentos anarquistas e o nazi-fascismo.

C) O intervencionismo estatal, múltiplos problemas sociais e nova corrida armamentista.

D) O surgimento do neoliberalismo, o fim da hegemonia europeia e a popularidade das correntes culturais existencialistas.

E) O sucesso dos partidos socialistas ocidentais, o recuo do desemprego e o início de uma aproximação com a União Soviética.

RESPOSTA.

QUESTÃO 08
(PUC-RS) O processo de internacionalização da economia mundial tem-se tornado, desde o final do século XIX, cada vez mais intenso. Nesse sentido, o desempenho econômico de determinadas nações passou a ter influências crescentes sobre as demais, seja em períodos de prosperidade ou crise, como no caso do crack da Bolsa de Valores de Nova Iorque, em 1929. Dentre as causas dessa crise, pode-se citar:

A) A moratória decretada pelo governo russo, que prejudicou diretamente os Estados Unidos, principal credor da Rússia.

B) A desvalorização da moeda tailandesa, que deflagrou a crise asiática, afetado rapidamente as indústrias norte-americanas, exportadores de produtos para o Oriente.

C) A crise econômica mexicana, que gerou o chamado "efeito tequila" sobre a produção industrial norte-americana, levando a uma desvalorização do dólar em relação ao peso mexicano.

D) O rápido crescimento industrial dos Estados Unidos no período pós-Primeira Guerra, não acompanhado de um significado aumento do mercado consumidor, levando a uma crise de superprodução.

E) O aumento do preço do petróleo após o primeiro conflito mundial, o que aumentou os custos de produção das indústrias americanas, que tiveram seus lucros reduzidos.

RESPOSTA.

Comentários