Prova PUC-PR 2019 (Vestibular Inverno) com Gabarito

PUC-PR
Prova PUC-PR 2019 (Vestibular Inverno) com Gabarito

LÍNGUA PORTUGUESA

QUESTÃO 01
PUC-PR 2019: Leia a tirinha a seguir e, sobre ela, analise as afirmativas em relação à sua estrutura linguística.

Leia a tirinha a seguir e, sobre ela, analise as afirmativas em relação à sua estrutura linguística

I. Na primeira fala, o vocábulo um é um numeral, já que veicula a ideia de quantidade numérica do casal formado por Hagar e Helga.

II. Se o vocábulo um, na primeira fala, fosse substituído por um artigo definido, não haveria mudança de sentido no período original.

III. A palavra quádruplo, na segunda fala, é um numeral multiplicativo usado como um substantivo nesse contexto, pois vem antecedido por um artigo.

IV. A substituição de um por o, na segunda fala, revelaria a ideia de que o termo quádruplo perfeito já haveria sido apresentado no contexto do diálogo.

Quais estão CORRETAS?

A) Apenas I e II.
B) Apenas III e IV.
C) Apenas I, III e IV.
D) Apenas II e IV.
E) I, II, III e IV.

GABARITO.

Leia o texto a seguir para responder as questões 2 e 3.

Nas últimas eleições, um comercial de TV que incentivava o voto consciente causou muita discussão aqui em Porto Alegre, por conter a frase “PRA MIM escolher candidato é que nem escolher feijão”. Vários leitores escreveram para dizer que a forma correta seria “PARA EU escolher candidato, é como escolher feijão”. Ironicamente, a frase estava correta; errada era a alteração sugerida. Poderíamos discutir se é adequado, ou não, o emprego  informal do “pra” e do “que nem” numa campanha institucional. A pontuação também merece reparo; a frase ficaria bem melhor como “Para mim, escolher candidato é como escolher feijão”.

Agora, do ponto de vista da sintaxe dos pronomes, os leitores que me desculpem: o uso do oblíquo “mim” está perfeito. Sei de onde veio o equívoco: nos manuais e livros didáticos de pouca ciência — infelizmente, a maioria dos que se vendem por aí —, difunde-se a lenda, disfarçada de regra, de que “antes de verbo” devemos usar sempre o pronome pessoal reto: “Isso veio para eu fazer”, “Ele disse que é para eu levar os ingressos”.

Ora, nesses exemplos usamos o pronome reto não por estar antes de verbo, mas por ser sujeito desses verbos. Na frase injustamente condenada, “mim” está antes do verbo “escolher”, mas não é o seu sujeito; isso pode ser facilmente verificado se (1) alterarmos a ordem para “escolher candidato, para mim, é como escolher feijão”, ou (2) trocarmos “mim” por “nós”, o que não afetará em nada o resto da frase: “PARA NÓS, escolher candidato é como escolher feijão” (e não “escolhermos”).
Disponível em: <http://sualingua.com.br/2009/05/14
/para-mim-comprar/>. Acesso em: 04/02/2019.

QUESTÃO 02
PUC-PR 2019: De acordo com a discussão que o autor faz nesse trecho e com seus conhecimentos sobre o sistema pronominal de nossa língua, é CORRETO afirmar que

A) todo pronome pessoal oblíquo antes de um verbo funciona como sujeito desse verbo.

B) pronomes pessoais retos não podem funcionar como sujeito de verbos deslocados.

C) a escolha de um pronome pessoal reto ou oblíquo depende do emprego da vírgula.

D) pronomes pessoais oblíquos em função de complemento verbal podem ser sujeitos.

E) pode haver contextos em que um pronome pessoal oblíquo aparece antes de um verbo.

GABARITO.

QUESTÃO 03
PUC-PR 2019: Sobre o sistema pronominal destacado no texto, assinale a alternativa CORRETA.

A) O vocábulo “que” é um expletivo que equivale a um pronome relativo, motivo pelo qual a substituição por “quem” estaria de acordo com a norma culta, embora em desuso.

B) O termo “não é o seu sujeito” poderia ser reescrito como “não é o sujeito dele” a fim de evitar a ambiguidade causada pelo uso do pronome possessivo no período original.

C) O pronome demonstrativo “isso” se refere ao fato de a palavra “mim” não ser o sujeito do verbo “escolher”, um fato já apresentado, motivo pelo qual “isto” estaria incorreto.

D) Na expressão “o que”, a palavra “o” funciona como um pronome demonstrativo, enquanto “que” é uma conjunção integrante que insere uma informação nova no trecho.

E) Em “nesses”, o pronome demonstrativo “esses” é anafórico, motivo pelo qual sua substituição por “nestes” estaria de acordo com a prescrição da norma-padrão.

GABARITO.

QUESTÃO 04
Considere o excerto a seguir.

É um hábito humano – muito humano – culpar e punir os mensageiros pelo conteúdo odioso da mensagem de que são portadores – nesse caso, das enigmáticas, inescrutáveis, assustadoras e corretamente abominadas forças globais que suspeitamos (com boas razões) serem responsáveis pelo perturbador e humilhante sentido de incerteza existencial que devasta e destrói nossa confiança, ao mesmo tempo que solapa nossas ambições, nossos sonhos e planos de vida.

E embora quase nada possamos fazer para controlar as esquivas e remotas forças da globalização, podemos pelo menos desviar a raiva que nos provocaram e continuam a provocar, e despejar nossa ira, alternadamente, sobre seus produtos, ao nosso lado e ao nosso alcance. Isso, claro, não vai chegar nem perto das raízes do problema, mas pode aliviar, ao menos por algum tempo, a humilhação provocada por nossa impotência e incapacidade de resistir à debilitante precariedade de nosso lugar no mundo.
BAUMAN, Z. Estranhos à nossa porta. Trad.: Carlos Alberto
Medeiros. Rio de Janeiro: Zahar, 2017, p. 21-22.


PUC-PR 2019: O autor do texto apresenta o hábito que os humanos têm de culpar e punir o mensageiro por causa do conteúdo da mensagem que conduzem. Para tanto, fundamenta seu ponto de vista

A) nos mecanismos de apagamento das consequências das ações globais.

B) na percepção do panorama gerado pelas forças da globalização.

C) na precariedade de nosso lugar no mundo diante da crueza de nossa ira.

D) na humilhação provocada por nossa impotência diante das incertezas.

E) no exemplo de como lidamos com os produtos da globalização.

GABARITO.

QUESTÃO 05
Considere o texto a seguir.

O crack e a internação compulsória

Os episódios ocorridos no ano de 2012 (divulgados pela mídia) da ação da prefeitura do Rio de Janeiro atuando nas ‘cracolândias’ provocaram a discussão acerca do acerto ou não da internação forçada dos usuários de crack.

As classes média e alta, acuadas, defendem a política de internação municipal, sob o argumento de que tais pessoas, reunidas para se drogarem, constituiriam um perigo em potencial.

A municipalidade, por seu turno, fundamenta sua conduta sob o argumento da preocupação com a saúde daquelas pessoas que precisam de ajuda para se recuperarem. Por uma escolha pública, a ajuda eleita pelo Estado foi a internação involuntária para tratamento, ou seja, contra a vontade dos usuários. Deve ser esclarecido que, em tais episódios, não se realizou a chamada internação compulsória, mas sim a involuntária. Como visto, a compulsória é a requerida judicialmente e a involuntária é a realizada a pedido de pessoa diversa do paciente.

Assim, não houve um requerimento judicial de internação coletiva dos usuários de crack que estivessem nas ruas.

Mas sim, segundo o noticiado pela imprensa, a internação dessas pessoas com base em laudo médico, que, supõe-se, existia no momento da internação. Tais argumentos não convencem.
Texto adaptado: COELHO, Isabel; OLIVEIRA, Maria Helena Barros de.
Internação compulsória e crack: um desserviço à saúde pública.
Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/sdeb/v38n101/0103
-1104-sdeb-38-101-0359.pdf.>. Acesso em 20/06/2017.

PUC-PR 2019: Assinale a alternativa que dá continuidade de modo coerente ao texto.

A) A ação efetivada, por meio da internação compulsória, garante o direito à vida.

B) A gestão do SUS passa a ser responsabilidade da União, dos Estados e dos Municípios, agora entendidos como os gestores do SUS.

C) É cristalino que o objetivo não é dar o melhor tratamento àquelas pessoas – sim, são pessoas! –, mas ‘higienizar’ a cidade para os futuros eventos internacionais.

D) A internação compulsória que foi feita é uma saída individual que o Estado brasileiro assume, mantendo o direito do outro de decidir.

E) A sustentabilidade está diretamente relacionada ao desenvolvimento econômico e material sem agredir o meio ambiente.

GABARITO.

QUESTÃO 06
Considere o texto a seguir.

Futuro incerto

O futuro das inteligências artificiais – como está na literatura – pode ser desenhado e projetado, em grande medida, por elas mesmas. O que vale dizer que elas poderão evoluir independentemente de nós. Se é capaz de aprender, tem êxito na primeira geração, retoma e otimiza a segunda geração, sem que nenhuma pessoa tenha tido influência alguma no processo. Desse modo vão se criando efetivamente organismos quase biológicos.
Sociologia, ed. 69, jun/17, p. 77. (Excerto).

PUC-PR 2019: O texto revela uma análise sobre as inteligências artificiais. Um exemplo que ilustra a projeção descrita no texto é

A) a invasão de sites de segurança máxima por hackers especializados.

B) o processo de comunicação em rede que despreza fronteiras físicas.

C) o armazenamento de dados humanos para o avanço da ciência.

D) o desenvolvimento de robôs capazes de tomar as próprias decisões.

E) a propagação de discursos de ódio via sistema operacional invadido.

GABARITO.

LITERATURA BRASILEIRA

QUESTÃO 07
PUC-PR 2019: Leia o seguinte poema de Manuel Bandeira.

flabela
BANDEIRA, Manuel. Estrela da vida inteira. 9. 2d.
Rio de Janeiro: José Olympio, 1982, p. 254.

Sobre esse poema, é CORRETO afirmar que

A) apareceu no livro Libertinagem, de 1930, testemunha do ápice da experimentação modernista de Manuel Bandeira, na esteira da Semana de Arte Moderna, de 1922.

B) lançado no livro Estela da tarde, de 1960, é sinal de que Manuel Bandeira também soube se apropriar das conquistas formais da poesia concreta.

C) pelo uso de aliterações (repetições de consoantes, como “f”, “l” e “b”), e pelo sentido obscuro, duas marcas do simbolismo, é prova da persistência da estética simbolista no poeta pernambucano.

D) publicado originalmente em O ritmo dissoluto, de 1924, “Flabela” revela o quanto foram radicais as experimentações formais do poeta na sequência da Semana de Arte Moderna.

E) demonstra as influências de Oswald de Andrade, o poeta mais radical do modernismo, na poética de Manuel Bandeira.

GABARITO.

QUESTÃO 08
PUC-PR 2019: Sobre a peça Auto da Compadecida, de Ariano Suassuna, é CORRETO somente o que se afirma em:

A) João Grilo, o protagonista, é uma espécie de pícaro, alguém que só conta com sua esperteza para sobreviver.

B) Assim, como Morte e vida Severina, de João Cabral de Melo Neto, Auto da compadecida é um auto de Natal.

C) Apesar de inspirado nos autos medievais de Gil Vicente, Auto da Compadecida segue os padrões da dramaturgia clássica, com três atos.

D) Foi com essa peça, encenada pela primeira vez em 1943, sob a direção de Zbigniew Ziembinski, que se inaugurou o teatro moderno no Brasil.

E) Todos seus personagens são pobres diabos que vivem à margem do Estado, explorados por latifundiários comerciantes e clérigos inescrupulosos.

GABARITO.

BIOLOGIA

QUESTÃO 09
Observe a tirinha a seguir.

o que tem nessa lama pai despeito a vida

PUC-PR 2019: A tirinha retrata um desastre que provocou uma série de impactos à vida e ao ambiente de Brumadinho, em Minas Gerais. Com base em seus conhecimentos, assinale a alternativa CORRETA.

A) Os rios da região não foram afetados, pois a lama atingiu apenas o solo e rapidamente se solidificou em decorrência da presença de metais pesados.

B) A lama atingiu os rios da região, aumentando a quantidade de oxigênio disponível na água e possibilitando a colonização de diferentes tipos de algas, fenômeno conhecido como eutrofização.

C) Afetou diretamente a cadeia alimentar, pois muitas espécies da região morreram em decorrência da enxurrada de lama e rejeitos.

D) Os rejeitos continham produtos radioativos que contaminaram inúmeras espécies da região.

E) A enxurrada de lama contaminou diferentes ecossistemas aquáticos, tornando a água turva e impedindo o desenvolvimento natural das algas, fenômeno conhecido como bioacumulação ou magnificação trófica.

GABARITO.

QUESTÃO 10
Líquens são extremamente dispersos na natureza. Eles ocorrem em regiões desérticas do Ártico, nos solos nus, em troncos de árvores, em rochas aquecidas pelo sol, em mourões de cerca e nos picos alpinos castigados pelo vento, em todo o mundo. Alguns liquens são tão pequenos que mal podem ser vistos a olho nu; outros, como os “reindeer mosses”, podem cobrir quilômetros de terra crescendo até a altura dos tornozelos. [...] Liquens são frequentemente os primeiros colonizadores de áreas recém-expostas. Na Antártida, existem mais de 350 espécies de liquens, mas apenas duas de plantas vasculares; sete espécies de liquens ocorrem mesmo dentro do círculo de 4.º do Polo Sul!
Fonte: Raven, P.H.; Evert, R.F; Eichhorn, S.E. 2007 Biologia Vegetal.
7ª ed. Editora Guanabara Koogan S.A., Rio de Janeiro.

PUC-PR 2019: Os líquens podem viver em alguns dos mais inóspitos ambientes da Terra por constituir uma relação ecológica denominada de

A) comensalismo, em que o fungo se beneficia do tronco da árvore, absorvendo alimento, sem trazer prejuízo a ela.

B) protocooperação, ou seja, associação entre a raiz de determinadas plantas e fungos, em que o fungo aumenta a capacidade da raiz de absorver sais minerais no solo, enquanto a planta fornece ao fungo, carboidratos, aminoácidos e demais nutrientes.

C) inquilinismo, ou seja, o fungo se relaciona com a planta, mas somente ele se beneficia, pois a utiliza como abrigo. A planta, nesse caso, não é prejudicada.

D) simbiose, em que espécies de bactérias e algas se relacionam de forma obrigatória e harmônica: as bactérias fornecem substrato para o desenvolvimento das algas e as algas fornecem nutrientes para as bactérias.

E) mutualismo, pois há troca mútua entre a alga que produz substâncias que o fungo utiliza para se nutrir, enquanto o fungo protege a alga, mantendo o ambiente úmido e favorável para a sua sobrevivência.

GABARITO.

QUESTÃO 11
Observe a imagem a seguir.

Essa sequência representa uma cadeia alimentar. Sobre ela, é possível afirmar que

PUC-PR 2019: Essa sequência representa uma cadeia alimentar. Sobre ela, é possível afirmar que

A) a quantidade de energia disponível para a cobra é menor.
B) o lagarto é um consumidor primário.
C) o gafanhoto ocupa o primeiro nível trófico.
D) a cobra ocupa o terceiro nível trófico.
E) o milho representa um decompositor.

GABARITO.

QUESTÃO 12
Leia o texto a seguir.

Chá de cavalinha

De nome científico Equisetum arvense, a cavalinha é uma herbácea de rizoma horizontal de onde saem dois caules aéreos: os férteis e os estéreis. Ambos chegam, em média, até 30 cm de altura e são de cor amarelada na base e avermelhada na ponta, de onde sai a “espiga”. A cavalinha possui folhas pequenas em formato de agulha, sendo uma planta que não possui flores nem sementes.

Um dos seres vivos mais antigos da Terra, a cavalinha é datada do período Paleozoico, quando havia espécimes de até 10 metros de altura por 2 de diâmetro.

[...]

Atualmente, a planta vem sendo utilizada, principalmente, com finalidades terapêuticas, sendo o seu consumo em forma de chá um dos mais populares. Ela pode ser plantada em pequenos vasos e guardadas em residências, já que vive bem em meia sombra.

Para que serve

A cavalinha é uma planta muito eficiente para o tratamento de problemas ósseos, para o tratamento de disfunções renais, de disfunções de vias urinárias e de problemas na próstata. O chá também pode ser utilizado para tratar hemorragias nasais, perda excessiva de sangue na menstruação, inflamação da próstata e casos de inchaço. O chá de cavalinha estimula a cicatrização e atua como profundo hidratante da pele e do organismo como um todo. Além disso, ele é muito eficiente na recuperação de ferimentos na pele e no tratamento de frieiras, de aftas e de úlceras. Outro benefício do consumo do chá de cavalinha é a boa aparência das unhas e da pele.

[...]
Disponível em <http://www.saudemedicina.com/cha-de-cavalinha/>. Acesso em: 13/06/17.

PUC-PR 2019: Com base nas descrições do texto, é CORRETO afirmar que a cavalinha pertence ao grupo das

A) briófitas.
B) angiospermas.
C) pteridófitas.
D) gimnospermas.
E) espermatófitas.

GABARITO.

QUESTÃO 13
Considere o texto a seguir.

Força-tarefa apreende 2,5 toneladas de carne e outros produtos impróprios para consumo em MS

Cerca de 2,5 toneladas de carne e outros produtos de origem animal impróprios para o consumo foram apreendidos entre os dias 5 e 9 de junho, nos municípios de Antonio João, Caracol e Nioaque, por uma força-tarefa.

Participaram da fiscalização, agentes da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes contra as Relações de Consumo (Decon) e fiscais da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), da Superintendência Federal da Agricultura (SFA/MS) e da Vigilância Sanitária do estado e dos municípios.

Segundo a Decon, a ação conjunta teve como foco a fiscalização de açougues e casas de carne nesses municípios. O objetivo foi prevenir e repreender a comercialização de carne e outros produtos de origem animal, oriundos de abates clandestinos ou em desacordo com a legislação sanitária. As cerca de 2,5 toneladas de produtos apreendidos nos estabelecimentos, por estarem sem inspeção, terem origem duvidosa ou estarem impróprios para o consumo, foram encaminhadas para a destruição nos próprios municípios em que foram recolhidas.

Riscos

Segundo o Mapa, consumir carne de procedência duvidosa, que não tenha passado pelos processos de controle e fiscalização sanitária, pode expor a saúde da população a uma série de riscos.

Os problemas mais comuns são as chamadas toxinfecções alimentares, que são provocadas pelo consumo de alimentos, no caso a carne, contaminados por bactérias ou suas toxinas, e que podem levar até mesmo à morte.
Disponível em:<http://g1.globo.com/mato-grosso-do-sul/noticia/forca-tarefa-apreende-25-toneladas-de-carne-e-outros-produtos-impropriospara-consumo-em-ms.ghtml> Acesso em: 13/06/2017.

PUC-PR 2019: Várias são as doenças que podem ser originadas do consumo de carne contaminada, como a brucelose, a tuberculose e a cisticercose, dependendo da carne e do tipo de contaminação. No caso da cisticercose, o perigo seria a carne suína estar contaminada com

A) ovos de lombriga.
B) ovos de tênia.
C) larvas de tênia.
D) larvas de áscaris.
E) proglotes de planária.

GABARITO.

QUÍMICA

QUESTÃO 14
PUC-PR 2019: Os conservantes são usados em muitos cosméticos para aumentar a vida útil dos produtos, impedindo o desenvolvimento de microrganismos que podem causar doenças ou simplesmente prejudicar o bom aspecto do produto final.

Dentre os conservantes mais utilizados em formulações farmacêuticas e cosméticas, destacam-se os parabenos, que são ésteres do ácido p-hidroxibenzoico. Os parabenos presentes em formulações cosméticas podem causar efeitos indesejáveis, como alergias.

Um dos parabenos utilizados em alguns cosméticos é o etilparabeno, produto sintetizado de acordo com a reação a seguir.


De acordo com o enunciado, assinale a alternativa CORRETA.

A) Trata-se de uma reação de sulfonação.

B) No produto formado, há uma função orgânica álcool.

C) No parabeno, estão presentes as funções fenol e éster.

D) Em um dos reagentes, existe uma função orgânica enol.

E) O grupo alcoólico presente no produto sofre oxidação virando um ácido carboxílico.

GABARITO.

QUESTÃO 15
A Assembleia Geral das Nações Unidas, em 20 de dezembro de 2017, proclamou o ano de 2019 como o Ano Internacional da Tabela Periódica dos Elementos Químicos (International Year of the Periodic Table of Chemical Elements – IYPT 2019). O IYPT 2019 também comemora os 150 anos do estabelecimento da Tabela Periódica dos Elementos Químicos.

O Ano Internacional visa a reconhecer a importância da Tabela Periódica como uma das conquistas mais importantes e influentes da ciência moderna, que reflete a essência não apenas da química, mas também da física, da biologia e de outras áreas das ciências puras.

PUC-PR 2019: De acordo com a tabela periódica e as propriedades gerais dos elementos químicos, marque a alternativa CORRETA.

A) O raio iônico do Cr3+ é menor que o raio iônico do Cr6+.

B) A quantidade de energia necessária para adicionar o elétron mais afastado de um átomo isolado no estado gasoso é definida como energia de ionização.

C) Dos elementos químicos do segundo período da tabela periódica, o elemento químico oxigênio, no estado neutro, apresenta a maior energia de ionização.

D) A energia de ionização de um metal neutro hipotético M no estado gasoso é maior que a energia de ionização do íon M+ no estado gasoso.

E) Os íons Na+, Mg2+ e Al3+ estão, respectivamente, em ordem decrescente de raios iônicos.

GABARITO.

QUESTÃO 16
Leia as informações a seguir.

A isomeria espacial é extremamente relevante na área farmacêutica. Quando um medicamento é prescrito e ingerido, as moléculas que estão presentes na sua composição irão interagir com receptores no organismo. Esses  compostos orgânicos podem estar na forma de isômeros.

Cada isômero, por apresentar um arranjo espacial diferente dos átomos, pode acabar influenciando diretamente na absorção e atividade do medicamento. Em algumas situações, os isômeros, por apresentarem diferentes arranjos espaciais, podem apresentar também comportamentos e funções bastante distintas. Nesse caso, é possível que um isômero tenha uma ação benéfica, enquanto outro cause danos à saúde.

PUC-PR 2019: A seguir são relacionados alguns compostos orgânicos, o número de isômeros opticamente ativos e inativos, as misturas racêmicas e as ocorrências de isômero meso, caso existam.  Assinale a alternativa que traz CORRETAMENTE essa relação.

A) O 2-metilbutanal apresenta dois isômeros ópticos ativos, um dextrogiro e outro levogiro, uma mistura racêmica e um isômero meso.

B) 0 3-cloro-2-metilpentano apresenta dois isômeros ópticos ativos, um dextrogiro e um levogiro, não forma mistura racêmica e nem isômero meso.

C) O ácido 2,3,4-tricloropentanoico forma 4 isômeros ópticos ativos, sendo dois dextrogiros e 2 levogiros, também

forma 2 misturas racêmicas diferentes e não apresenta isômero meso.

D) O 2,3-dimetilbutanodial apresenta três isômeros ópticos, um dextrogiro, um levogiro e um meso inativo, podendo formar uma mistura racêmica.

E) O 2,5-dicloro-hexano apresenta 4 isômeros ópticos ativos, sendo dois dextrogiros e dois levogiros e não forma mistura racêmica.

GABARITO.

QUESTÃO 17
PUC-PR 2019: O clorato de sódio é um agente oxidante. Ele é principalmente usado para produzir dióxido de cloro para branqueamento de polpa de celulose, mas também é usado como herbicida e para preparar cloratos. Em uma reação, foram utilizados 639 g de gás cloro, com 1200 g de hidróxido de sódio, para a produção do referido sal, conforme reação não balanceada abaixo.

Cl2(g) + NaOH(aq) → H2O(l) + NaCl(aq) + NaClO3(aq)

Sabendo que o rendimento de processo foi de 76%, podemos afirmar que a massa de clorato de sódio em g produzida foi de aproximadamente

A) 243.
B) 385.
C) 450.
D) 600.
E) 752.

GABARITO.

MATEMÁTICA

QUESTÃO 18
PUC-PR 2019: O valor de m para que o polinômio P(x) = x⁴ – 3x² + mx - 2 seja divisível por D(x) = x – 2 é

A) 0
B) - 1
C) - 2
D) 1
E) 2

GABARITO.

QUESTÃO 19
PUC-PR 2019: Considere a matrizonde 𝑖 representa a unidade imaginária. O valor do determinante da matriz A é

A) 0
B) - 8i
C) - 2i
D) 2i
E) 8i

GABARITO.

QUESTÃO 20
PUC-PR 2019: Seja x ∈ IR tal que x > 0 e x ≠ 1. O quadrado de x, o próprio x e ln x formam nesta ordem uma progressão geométrica. Então o valor de x é:

Notação: ln x → significa logaritmo natural ou neperiano de x, assim a base desse logaritmo é o número irracional e = 2,71828...

A) e
B) π
C) 10
D) e²
E) _1_
     10

GABARITO.

QUESTÃO 21
PUC-PR 2019: Considere os seguintes dados.

Pode-se dizer que quando duas variáveis x e y são tais que a cada valor de x corresponde um único valor de y, segundo uma lei matemática, diz-se que y é função de x. Considere uma função f: IR → IR+ que é representada pelo gráfico ao lado.

Analisando o gráfico, julgue as proposições a seguir.

grafico01

I. f é ímpar.
II. f é injetora.
III. A lei matemática de f é f(x) = ||x| - 1|.
IV. f é crescente se, e só se, x > 1.
V. (fof)(-1) = (fof)(1).

A) Somente II é correta.

B) Somente I é correta.

C) Somente III e V são corretas.

D) Todas as proposições são corretas.

E) Todas as proposições são falsas.

GABARITO.

QUESTÃO 22
PUC-PR 2019: Considere as informações a seguir.

Uma máquina automática produz um único tipo de peças, idênticas, de um determinado produto, operando sempre, por motivos de segurança, apenas e exatamente 12 horas a cada dia, ininterruptamente, todos os dias da semana, inclusive aos sábados, domingos e feriados.

Essa máquina será substituída por outra, mais moderna, que tem a capacidade de produzir o quádruplo da quantidade de peças (do mesmo tipo) que produz a atual, em um mesmo período de tempo. A nova máquina vai operar, ininterruptamente, por 21 horas a cada dia, todos os dias da semana.

Durante quantos dias, no mínimo, a nova máquina precisará operar para produzir o triplo do que a antiga produz em uma semana?

A) 1 dia.
B) 3 dias.
C) 4 dias.
D) 5 dias.
E) 6 dias.

GABARITO.

QUESTÃO 23
PUC-PR 2019: Leia as informações seguintes.

O gráfico da função polinomial p(x) = x⁴ + bx³ + cx² + d, cujos coeficinetes são todos reais, intersecta o eixo das ordenadas no ponto (0, -1). A soma dos coeficientes dessa função é igual a zero e p(k) = f(k), sendo f(k) o valor mínimo que a função trigonométrica f(x) = 15 + 3 ∙ sen² (x - 2) assume quando 0 ≤ k ≤ π.

Determine a soma dos quadrados das raízes imaginárias da equação p(x) = 0.

A) - 2.
B) - 1.
C) 0.
D) 2.
E) 1.

GABARITO.

FÍSICA

QUESTÃO 24
Leia o texto a seguir.

Freddie Mercury, ex-integrante da banda britânica Queen, é conhecido pelas composições musicais, pelo talento no piano e, principalmente, pela voz inconfundível.As notas emitidas por Mercury viraram tema de pesquisa realizada na República Tcheca. O estudo, dirigido pelo professor Christian Herbst, mostra que a voz de Freddie Mercury atingia níveis especiais. O pesquisador explica que o segredo estava no vibrato — a oscilação de frequência em torno de uma nota musical — de Mercury.

Em entrevista ao NPR Music, Herbst destacou: "Normalmente você consegue cantar em um tom, mas cantores de ópera tentam modular as frequências fundamentais. Geralmente, o vibrato de um cantor de ópera tem uma frequência de 5,5-6 Hz. O de Freddie Mercury era mais alto e mais irregular, e isso cria uma qualidade muito singular".
Fonte: https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/diversao-e-arte/2017/11/24/interna_diversao_arte,643269/estudo-mostra-quevoz-de-freddie-mercury-era-incomum.shtml. Acesso em: 10/2/2019.

PUC-PR 2019: A qualidade fisiológica do som que permitiria diferenciar Freddie Mercury de outro cantor, que emitisse uma nota musical de mesma frequência e potência, seria o (a)

A) período.
B) comprimento de onda.
C) timbre.
D) altura.
E) velocidade.

GABARITO.

QUESTÃO 25
PUC-PR 2019: Considere um feixe de luz monocromática que sofre reflexão num espelho plano, retornando ao meio de origem. Em relação às características da luz do feixe incidente e do refletido, é CORRETO afirmar que eles possuem iguais

A) velocidades de propagação e frequências, e diferentes comprimentos de onda.

B) velocidades de propagação e comprimentos de onda, e diferentes frequências.

C) frequências e comprimentos de onda, e diferentes velocidades de propagação.

D) frequências e diferentes velocidades de propagação e comprimentos de onda.

E) velocidades de propagação, frequências e comprimentos de onda.

GABARITO.

QUESTÃO 26
Considere os dados a seguir.

O guepardo é um velocista por excelência. O animal mais rápido da Terra atinge uma velocidade máxima de cerca de 110 km/h.

O que é ainda mais notável: leva apenas três segundos para isso. Mas não consegue manter esse ritmo por muito tempo; a maioria das perseguições é limitada a menos de meio minuto, pois o exercício anaeróbico intenso produz um grande débito de oxigênio e causa uma elevação abrupta da temperatura do corpo (até quase 41 °C, perto do limite letal).

Um longo período de recuperação deve se seguir. O elevado gasto de energia significa que o guepardo deve escolher sua presa cuidadosamente, pois não pode se permitir muitas perseguições infrutíferas.
ASHCROFT, Francis. A Vida no Limite – A ciência da sobrevivência.
Jorge Zahar Editor, Rio de Janeiro, 2001.

PUC-PR 2019: Considere um guepardo que, partindo do repouso com aceleração constante, atinge 108 km/h após três segundos de corrida, mantendo essa velocidade nos oito segundos subsequentes. Nesses onze segundos de movimento, a distância total percorrida pelo guepardo foi de

A) 180 m.
B) 215 m.
C) 240 m.
D) 285 m.
E) 305 m.

GABARITO.

QUESTÃO 27
PUC-PR 2019: Considere os dados que seguem para responder a questão.

Para estudar o efeito Doppler, dois amigos resolvem fazer um experimento num velódromo. Um deles pedala uma bicicleta na pista circular, cujo raio é R. Na bicicleta, estão acoplados um velocímetro, que indica uma velocidade de módulo constante v, e uma sirene, que emite um som de frequência constante f0.

O outro, que permanece em repouso a uma distância do centro da pista igual a 2R, escuta o som da sirene com uma frequência aparente que varia de um valor máximo (fmáx) a um valor mínimo (fmín).

Considerando que os ouvidos do amigo que está em repouso e a trajetória da buzina estão num mesmo plano horizontal, o menor intervalo de tempo (Δt) entre a percepção de fmáx e fmín, em função de v e R, é igual a

A) πR
      v

B) 2πR
      3v

C) 2πR
      2v

D) πR
     2v

E) 3πR
      4v

GABARITO.

HISTÓRIA

QUESTÃO 28
PUC-PR 2019: Em 1942, representantes de 26 nações reuniram-se em Washington e, incentivados pelo presidente Roosevelt, elaboraram o primeiro projeto da Organização das Nações Unidas (ONU). Sobre a ONU e a sua atuação como organismo internacional, assinale a alternativa CORRETA.

A) O documento-base dessa organização internacional, assinado por todos os países-membros é a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão.

B) A ONU foi criada com o objetivo de garantir as liberdades individuais nos países capitalistas.

C) A sede da ONU fica em Genebra, Suíça, e foi definida após a oposição de Stálin, que se recusava em manter o embaixador soviético em território Estadunidense.

D) A ONU foi criada pelos países de regime democrático, após a Segunda Guerra Mundial, como contraofensiva à União Soviética, que ampliava a sua área de influência sobre o leste Europeu.

E) A ONU, enquanto organização internacional, tem entre seus objetivos manter a paz, defender os direitos humanos e as liberdades fundamentais.

GABARITO.

QUESTÃO 29
Mas o maior desafio muçulmano à incipiente Europa moderna foi feito, é claro, pelos turcos otomanos, ou, antes, pelo seu formidável exército e pelo melhor equipamento de sítio da época. [...] O Império Otomano foi, é claro, muito mais do que uma máquina militar. Elite conquistadora, os otomanos tinham estabelecido uma unidade de religião, cultura e língua oficiais numa área maior do que o Império Romano, e sobre um vasto número de povos
[...].
KENNEDY, Paul. Ascenção e queda das grandes potencias:
transformações econômicas e conflito militar de 1500 a
2000. 5ª ed. Rio de Janeiro: Campus, 1991, p. 19-20.

PUC-PR 2019: Sobre a relação Europa X Império Otomano, assinale a alternativa CORRETA.

A) O Império Otomano expandiu suas fronteiras até o Norte da África e só não atingiu o seu objetivo de conquistar a Península Ibérica porque foi barrado, no Marrocos, pelas forças militares do rei português Dom Sebastião.

B) O Império Otomano impôs sua soberania sobre vastos territórios europeus até o início da Segunda Guerra Mundial, quando foi derrotado na região do Mar Egeu e da Turquia pelo exército nazista; no Egito, pelos exércitos italianos de Mussolini; e na região do Mar Negro e Europa Oriental, pelos exércitos soviéticos.

C) Durante séculos, o Império Otomano esteve cultural e tecnologicamente à frente da Europa.

D) Os líderes otomanos aliaram-se ao Império austro-húngaro, em 1945, com a ambição de recuperar seus territórios perdidos na região dos Bálcãs durante a Primeira Guerra Mundial.

E) Após a desagregação do Império Otomano, o islã perdeu força e espaço, enquanto religião, para as doutrinas de matriz europeia, como o catolicismo e as religiões de influência protestante.

GABARITO.

QUESTÃO 30
Leia o texto abaixo.

À morte de Carlos Magno, as instituições centrais do feudalismo já se encontravam presentes, sob o dossel de um império centralizado pseudo-romano. De fato, em breve se tornou claro que a rápida generalização dos benefícios e sua crescente hereditariedade tendiam a minar todo o pesado aparelho de Estado carolíngio, cuja ambiciosa expansão nunca correspondera às suas reais capacidades de integração administrativa, dado o nível extremamente baixo das forças de produção nos séculos VIII e IX.

A unidade interna do Império não tardou a ruir, no meio de guerras civis de sucessão e de uma crescente regionalização da classe aristocrática que a mantinha. [...]. Ataques externos selvagens e inesperados, surgidos de todos os pontos cardeais, da terra e do mar, de vikings, sarracenos e magiares, pulverizou todo o sistema para-imperial de governação dos condes que ainda subsistia.
Fonte: ANDERSON, P. Passagens da Antiguidade ao
Feudalismo. Porto: Afrontamento, 1982, p. 156.

PUC-PR 2019: Sobre os fatores presentes na transição da Antiguidade ao feudalismo na Europa Ocidental, estão CORRETAS as seguintes afirmações que indicam características desse período:

I. Decadência econômica e estagnação técnica do Império Romano.

II. Incapacidade administrativa dos Estados nacionais (como França, Alemanha e Itália) em fazer frente às invasões bárbaras.

III. Crescente influência da Igreja Católica sobre os senhores locais.

IV. Progressivo papel desempenhado pela servidão nas relações econômicas e sociais.

V. Afastamento da nobreza das antigas cidades romanas e sua fixação nas áreas rurais.

A) I, III, IV e V.
B) II, IV e V.
C) Somente I e II.
D) Somente IV e V.
E) Todas estão corretas.

GABARITO.

QUESTÃO 31
PUC-PR 2019: Leia a notícia abaixo e assinale a alternativa que elenca CORRETAMENTE os motivos que levaram à separação da Alemanha em dois países diferentes (Alemanha Oriental e Alemanha Ocidental) durante o século XX.

Helmut Kohl, que morreu na manhã desta sexta-feira aos 87 anos em sua casa de Ludwigshafen, [...] foi o chanceler da unificação alemã. [Sem ele], esse acontecimento fundamental para a história da Europa não se teria produzido no curto espaço de onze meses entre 9 de novembro de 1989, dia da queda do Muro de Berlim, e 3 de outubro de 1990, quando os seis landers da antiga República Democrática da Alemanha foram incorporados à República Federal e diretamente integrados à então chamada Comunidade Europeia.
Fonte: Bassets, LLuís. Morre Helmut Kohl, o europeísta
em estado puro que unificou a Alemanha. El País –
edição Brasil. 16 de junho de 2017. Disponível em
http://brasil.elpais.com/brasil/2017/06/16/internac
ional/1497626619_312475.html. Acesso em: 12/06/17.

A) A separação da Alemanha em dois países (República Democrática e República Federal) consolidou a divisão política do povo alemão durante o domínio nazista: no lado oriental, concentraram-se os partidários do Partido Nacional-Socialista após 1945, enquanto que o lado ocidental reunia a democracia cristã e os partidos liberais.

B) A separação política do território alemão foi um desdobramento da Segunda Guerra Mundial, que criou duas zonas de influência no território europeu: uma, de domínio soviético, englobava a República Democrática da Alemanha, e outra, liderada por Reino Unido, França e Estados Unidos, da qual fazia parte a República Federal.

C) A cisão política do território alemão é uma consequência do impasse militar gerado pela invasão de Berlim pelas tropas soviéticas ao Leste e pelo exército norte-americano a Oeste daquela cidade; como nenhum dos lados conseguiu a hegemonia do território, a solução política foi a separação entre duas Alemanhas.

D) A vitória dos Aliados na Segunda Grande Guerra levou à concentração do que restou do exército nazista na porção oriental do território alemão, reconhecido como país independente na conferência de Potsdam em 1948.

E) A separação das duas Alemanhas reflete a polarização existente na sociedade germânica sobre a integração ou isolacionismo frente à União Europeia pós Segunda Grande Guerra, colocando, do lado oriental, os partidários da adesão ao bloco europeu e, no bloco ocidental, os defensores da soberania do estado alemão.

GABARITO.

GEOGRAFIA

QUESTÃO 32
PUC-PR 2019: As toneladas de lama que vazaram no rompimento das barragens da empresa Vale, em Brumadinho (MG), são protagonistas de um dos maiores desastres ambientais provocado pela indústria da mineração brasileira.

Milhões de m³ de rejeitos de mineração de ferro foram despejados ao longo do rio Paraopeba. A preocupação dos especialistas é que a lama atinja outros rios pertencentes à bacia do

Bacias Hidrográficas

A) Atlântico Leste.
B) Atlântico Sudeste.
C) Paraná.
D) São Francisco.
E) Atlântico Sul.

GABARITO.

QUESTÃO 33
Nos últimos 20 anos, mais de 2 mil indústrias se instalaram em Goiás, além de outras que se expandiram, investindo mais de R$ 45 bilhões e gerando 240 mil empregos diretos. Apesar de situar-se distante dos grandes centros urbanos brasileiros, tais como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, o estado de Goiás se tornou um dos maiores polos automobilísticos do país.
Fonte: https://www.jornalopcao.com.br/ultimas-noticias/........
-atraem-investimentos-e-geram-empregos-em-goias-diz-sed-143582/.
Acesso em: 20/3/19.

PUC-PR 2019: Um dos motivos dos resultados em evidência na notícia é explicado pela (os)

A) proximidade de matéria-prima.
B) mão de obra especializada.
C) abundância de fontes de energia.
D) proximidade de portos para exportação.
E) incentivos fiscais.

GABARITO.

QUESTÃO 34
PUC-PR 2019: Leia as informações a seguir.

Um avião decola de Brasília às 7h da manhã em um dia de tempo bom, sem nuvens, do dia 24 de dezembro, em direção à cidade de Belém, no Pará. O tempo de voo é de 3 horas. Pode-se afirmar que os raios solares incidirão sobre o avião, ao longo de todo o tempo da viagem,


A) à frente, à esquerda.
B) atrás, à direita.
C) à frente, à direita.
D) atrás, à esquerda.
E) à esquerda.

GABARITO.

QUESTÃO 35
Leia o texto a seguir.

Como e quando surgiu a Serra do Mar

A origem da Serra do Mar está relacionada à separação continental entre a América do Sul e África iniciada há 150 milhões de anos, com o surgimento do Oceano Atlântico.

No processo de separação continental, ocorreu um amplo soerguimento em toda a borda leste do continente sul americano no sudeste do Brasil. Esse soerguimento ocasionou levantamentos e rebaixamentos de grandes blocos por falhas geológicas. A Serra do Mar corresponde a uma dessas áreas elevadas, por ocasião da elevação do bloco ocidental e rebaixamento do bloco oriental da Falha de Santos.

Isso aconteceu aproximadamente há 65 milhões de anos e naquela época a Escarpa de Falha da Serra do Mar situava-se a dezenas de quilômetros a leste da linha de costa atual.

De lá para cá, essas escarpas ficaram sujeitas à ação da erosão, recuando até a posição atual. Os sedimentos oriundos dessa erosão foram depositados em área oceânica, formando as bacias marginais (Bacias de Campos e Santos), de onde hoje se extrai o petróleo.
Fonte: Adaptado de MINERAIS DO PARANÁ S/A - MINEROPAR. Serra do Mar. Disponível em <http://www.mineropar.pr.gov.br/arquivos/File/Paineis_geologicos/SerradoMar2_portugues.pdf>. Acesso em: 20/03/19.

PUC-PR 2019: Os parágrafos podem ser explicados, respectivamente, pelo predomínio

A) de processos endógenos divergentes, forças exógenas e tectonismo.

B) dos movimentos tectônicos divergentes, metamorfismo e atuação de forças internas modeladoras.

C) de processos orogenéticos, processo exogenético e divergência entre placas.

D) de movimentos tectônicos, forças endógenas e atuação dos agentes exógenos.

E) da modelagem exógena, vulcanismo e atividades erosivas.

GABARITO.

FILOSOFIA

QUESTÃO 36
PUC-PR 2019: Agostinho de Hipona, no texto O livre arbítrio, apresenta uma solução para o problema do mal. Analise as afirmativas e assinale a alternativa que apresenta a ideia central da obra.

A) O problema da liberdade humana e o da origem do mal moral e o pecado como fonte do mal moral são o tema central da obra agostiniana.

B) Santo Agostinho não refutava e também não tratava a questão dos maniqueus, os quais identificavam-se com o livre-arbítrio da vontade sem pretender fazer recair em Deus a responsabilidade pelo mal e pelo pecado.

C) A obra salienta que o mal visto no conjunto não é mais um malefício, mas sim uma contribuição ao bem comum e à beleza da ordem. Cometer o mal não é nada mais do que submeter sua vontade às paixões, ou preferir aos bens propostos pela fé eterna uma satisfação pessoal.

D) O filósofo não alegava ser a matéria essencialmente má e não era responsável pelo mal. Vontade livre, mesmo fraca, pode recusar um lugar honroso entre os bens criados.

E) Do ponto de vista metafísico-ontológico, existe mal no cosmos, mas apenas graus superiores de ser, em relação a Deus e aos seres humanos, graus esses que dependem da infinitude do ser criado e dos diferentes níveis dessa finitude.

GABARITO.

QUESTÃO 37
PUC-PR 2019: Dois comerciantes praticam preços justos e não enganam os clientes. Contudo, suponhamos que um deles não aumenta os preços porque tem receio de perder clientes e o outro não o faz por julgar que a sua obrigação moral consiste em agir de forma justa.

Assinale (V) para as Verdadeiras e (F) paras as falsas. Depois assinale a alternativa que representa a sequência correta sobre tópicos em que se baseia a moral Kantiana.

( ) Procede de maneira que trates a humanidade, tanto na sua pessoa como na pessoa de todos os outros, sempre ao mesmo tempo como fim, nunca como meio.

( ) Correta ação moral não deve ser realizada por nenhum interesse ou inclinação, almejando sempre autonomia e perfeição da vontade.

( ) Neste mundo, e até também fora dele, tudo é possível pensar que não possa ser considerado como má e com limitação a não ser uma só coisa: uma má vontade.

( ) O ser dotado de irracionalidade e de má vontade a verdadeira finalidade da natureza fosse a sua progressão, o seu mal-estar, numa palavra a sua infelicidade, muito bem teria ela tomado as suas disposições ao escolher a emoção da criatura para executora dessas suas intenções.

( ) Mas também por considerar aqui o dever, nenhum dos seres humanos tem já por si mesmos a mais fraca e exterior inclinação para a felicidade, porque é exatamente nessa ideia que se validam os utilitarismos.

A) F,F,V,V,V.
B) V,F,V,F,F.
C) F,V,V,F,V.
D) F,F,F,V,V.
E) V,V,F,F,F.

GABARITO.

INGLÊS

QUESTÃO 38
Read the text.

Internet for all of us

This is about us. All of us. Right now, a couple billion of us have access to the Internet and amazing things have come from it. So what happens when the rest of us get access? It doesn't get twice as good. It gets like a bazillion times as good. Imagine it, for the first time in history, humanity firing on all cylinders. Everyone, everywhere. New voices, new dreams, new inspirations. And here's the thing: we can do it. It starts up here at 60,000 feet with planes powered by the sun, opening up the Internet to people everywhere. So what happens now when we all have the Internet? That falls to us. All of us.
https://www.englishcentral.com/videodetails/23103 Access: February 15, 2019.

PUC-PR 2019: According to the text above, how can we make internet available to everyone, every where?

A) By using planes powered by the sun.

B) By operating the cylinders that make internet work.

C) By hearing new voices, new dreams and new inspirations.

D) By turning the computers on.

E) By listening to people’s needs for the first time in history.

GABARITO.

QUESTÃO 39
Read the text.

From Threat to Thread

We made an incredible, moldable, indestructible material. But when we dump it, it doesn't go away. Now, one truck of it ends up in our oceans every minute. It's killing sea life. The fish eat the trash, then we eat the fish. We're feeding ourselves our own garbage and it's now in our bloodstreams. We've got to avoid plastic, we've got to get it out of the ocean and reuse it. Look, what if we took some trash and made a sports shoe out of it? And then, we made a million more from 11 million plastic bottles. What if that was just the start? And what if everyone did that?
https://www.englishcentral.com/videodetails/23103 Access: February 15, 2019.

PUC-PR 2019: Why do you think the word thread is in the title?

A) Because thread can be used to feed fish.

B) Because thread is an incredible, moldable, indestructible material.

C) Because plastic can be transformed into thread and thread can be used to make sports shoes.

D) Because thread won´t be dumped into the ocean.

E) Because everyone can use thread.

GABARITO.

QUESTÃO 40
PUC-PR 2019: After analysing the surprising symptoms, we can state that acid reflux affects mostly.

10+ Surprising Acid Reflux Symptoms That Aren't Heartburn

While the most common signs include chest pain, nausea and regurgitation, acid reflux often disguises itself in notso-obvious ways. Dr. Koufman states. These include:

- Shortness of breath
- Hoarseness
- Vocal fatigue
- Chronic throat clearing
- Excessive throat mucus
- Postnasal drip
- Difficulty swallowing
- Nasal congestion
- Noisy breathing
- Snoring
- Choking episodes

A) The excretory system.
B) The digestive system.
C) The circulatory system.
D) The respiratory system.
E) The lymphatic system.

GABARITO.

ESPANHOL

QUESTÃO 38
Lea el texto.

Astorga, tradición y 'sabor a chocolate'

La tradición chocolatera de Astorga resurge en forma de ruta experiencial, para degustar con los cinco sentidos.

‘Sabor a chocolate’, la dulce iniciativa que la bimilenaria propone para los fines de semana de febrero, que arrancó, con aforo completo, desde el Museo del Chocolate; un ‘emblema’ que pone de manifiesto la fama y tradición que esta ciudad tuvo por este producto que engancha a casi todos los paladares.

La visita comenzó con una teatralización a cargo del grupo de teatro local Mixticius, que trasladaron a los presentes a 1912 con una representación protagonizada por Magín Rubio y su esposa, Pepa, los dueños del palacete modernista que es sede del chocolate desde el passado 2015.

Acto seguido, los asistentes disfrutaron de una visita guiada por todas y cada una de las salas del museo municipal. Allí pudieron ver de primera mano no solo la maquinaria más tradicional de elaboración del chocolate, sino también las campañas publicitarias que se empleaban antiguamente, la imprenta y un gran abanico de cacaos, entre otras cosas.

La golosa iniciativa ‘Sabor a chocolate’ tiene como principal objetivo es que Astorga vuelva a ser la «ciudad del chocolate» que fue durante el primer tercio del siglo XX. Sin embargo, fue 1924 el momento de mayor esplendor, con más de 50 chocolateros en la ciudad y una exquisita calidad en sus productos, que les hicieron estar a la cabeza de la industria chocolatera. La producción cayó en declive en la Guerra Civil, y ya en los 70, el número de obradores había descendido a siete.
De acuerdo con la crónica, se puede afirmar que Astorga:
https://www.lanuevacronica.com/astorga-tradicion-y-sabor-a-chocolate.
Adaptado. Accedido en 4/02/2019.

PUC-PR 2019: De acuerdo con la crónica, se puede afirmar que Astorga:

I. Es una ciudad turística que desde 1912 presenta un teatro cuyos personajes son los dueños del palacete
modernista.

II. Inauguró en febrero una ruta que empieza en el teatro y termina en el museo municipal,

III. En 1924 había cincuenta chocolateros, pero en los años 70 había solamente 7.

IV. Guarda en el museo municipal, entre otras cosas, las máquinas que antaño fueron usadas para la elaboración
del chocolate, además de las publicidades y variedades de cacao.

V. Es una ciudad que quiere rescatar la exquisita tradición chocolatera.

Marque la opción CORRECTA:

A) III, IV y V.
B) I, II y III.
C) II y V.
D) I y II.
E) Solamente la II.

GABARITO.

Lea el texto para contestar las preguntas 39 y 40.

Cataluña aumentó un 6,6% las emisiones de CO2 en 2015

En el ejercicio del 2015, el territorio catalán sigue la línea de España. Y es que ambos han experimentado un repunte de las emisiones de CO2 sujetas a la Directiva Europea 2003/87/CE. En el primero de los casos, de un 6,6% respecto al ejercicio anterior, con más de 14,3 millones de toneladas de CO2 emitidas. Un incremento ligeramente mayor es el del segundo caso, con un 7,6%.

Esto supone un 0,4 más que durante en ejercicio de 2014 y un total de 141 millones de toneladas de CO2, según los datos del Informe de Situación de las Emisiones de CO2 en el mundo, el séptimo elaborado por la Fundación Empresa y Clima.

La mayor parte de las emisiones en Cataluña proceden de los procesos de cogeneración, es decir, aquellos en los que se obtiene simultáneamente dos tipos de energía: eléctrica y térmica útil. Estos procesos sumaron más de 4 millones de toneladas.

Por otra parte, el sector con mayor aumento de las emisiones en el territorio fue el de generación eléctrica de ciclo combinado. Estos incluyen dos ciclos termodinámicos en un mismo sistema: el vapor de agua y la combustión de gas. Las emisiones aumentaron un 29,3% respecto al año anterior. Y aunque contraste, ha sido el sector de la aviación el que mayor ahorro de emisiones ha acumulado en Cataluña. Con un 24,5% respecto al ejercicio anterior.
Adaptado de: http://www.elmundo.es/economia/innovadores/2017
/05/31/592e8576ca47413d308b45a2.html Acessado em:02/06/2017.

QUESTÃO 39
PUC-PR 2019: Según el texto, “procesos de cogeneración” son

A) procesos de emisiones de energías de generación eléctrica y térmica.

B) dos tipos de procesos de energías eléctrico y térmico simultáneas.

C) emisiones obtenidas al mismo tiempo por 2 tipos de energías: eléctrica y térmica útil.

D) emisión y generación de energías simultáneas: eléctricos y térmicos.

E) procesos de emisiones del vapor de agua y la combustión a gas.

GABARITO.

QUESTÃO 40
PUC-PR 2019: En la frase destacada “Estos incluyen…”, estos se refiere a

A) aumento de las emisiones.

B) el vapor de agua y la combustión de gas.

C) el sector con mayor aumento.

D) generación eléctrica de ciclo combinado y de cogeneración.

E) el ciclo combinado de generación eléctrica.

GABARITO.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.